Home » Integrantes de rede de exploração pagavam R$ 20 para aliciar menores em Campo Alegre

Integrantes de rede de exploração pagavam R$ 20 para aliciar menores em Campo Alegre

Por Alagoas Brasil Noticias

 

A Polícia Civil já identificou seis suspeitos de integrarem um esquema de exploração sexual de menores na cidade de Campo Alegre, no Agreste do estado. Os suspeitos tem idades entre 60 e 80 anos e praticavam os crimes a pelo menos quatro anos.

O esquema veio à tona após familiares e vizinhos de duas vítimas procurarem o Conselho Tutelar do município de denunciar o caso. Segundo o delegado Alexandre César dos Santos, o órgão entregou à PC um relatório detalhado sobre o crime e em outubro foi iniciada a investigação.

Até agora seis suspeitos de integrarem o esquema já foram identificados, mas a polícia não descarta que mais pessoas estejam envolvidas e também acredita que o número de vítimas pode ser maior.

“Por enquanto duas vítimas já foram identificadas e confirmaram os abusos sofridos. Hoje elas tem 12 anos, mas afirmam que eram abusadas sexualmente desde os oito anos. Hoje elas estão sob proteção do estado e recebendo acompanhamento psicológico. Ainda vamos ouvir mais algumas pessoas para poder concluir o inquérito”, explicou o delegado Alexandre César.

O esquema, segundo explicaram as vítimas ao delegado, se dava da seguinte forma: as crianças eram aliciadas para realizar serviços domésticos na residência dos suspeitos. Ao chegar lá, elas recebiam entre R$ 10 e R$ 20 para manter relações com os suspeitos. As vítimas eram abusadas por todos os seis suspeitos, de forma individual, confirmou a polícia.

“Eles moram na cidade e se conhecem, mas por conta da idade estão soltos. Com a conclusão do inquérito iremos remeter à Justiça e ao Ministério Público para que eles deem continuidade ao processo”, concluiu.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário