como por a mesma estratégia criada em todos opções binárias investimento ads trader qual valor opero swing trade na clear mais fácil operar iq option ou olymp trade how to invest in olymp trade melhor horário operação do olymp trade curso trader operações mercdo de valores price action avançado opções binárias opções binárias é facil rapido e lucrativo core liquidity markets opçoes binarias operar day trade alavancado qual o minimo pra investir na ni cach trade pode perder com opçoes binarias operar retorno 50 day trade qual a diferença de forex e opções binarias oque signifca dovish ou hawkish em opções binárias robo de investimento day trade clear
Home Agricultura Massa falida para reforma agrária em AL

Massa falida para reforma agrária em AL

Por Alagoas Brasil Noticias

Por Wellington Santos

O Governo do Estado deu um importante passo na sexta-feira para assentar milhares de famílias promovendo a reforma agrária e, por tabela, tenta pôr fim a alguns conflitos agrários em Alagoas. Isso porque foi discutida a tramitação do processo de aquisição das terras da Usina Guaxuma pelo Governo, que vem sendo conduzida pelo Iteral, cujos 1.500 hectares serão destinados para o assentamento das famílias dos movimentos sociais.

O encontro para tratar do assunto ocorreu com a presença da intermediação com as lideranças do Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Livremente Associados – Via do Trabalho, representantes da massa falida da Laginha Industrial (Grupo João Lyra), Gabinete Civil e o Gerenciamento de Crises da Polícia Militar.

 O Grupo João Lyra havia arrendado a Usina de Guaxuma, localizada em Coruripe, à empresa GranBio, do ramo de biotecnologia industrial que trabalha com a transformação de biomassa em produtos renováveis, como biocombustíveis e bioquímicos. 

 A Usina Guaxuma possui uma área total de 17.453,4650 ha e está avaliada em R$ 864,1 milhões. A sua capacidade de produção é de 900.000 t/safra. É a segunda usina arrendada pela massa falida do Grupo João Lyra.

A primeira foi Uruba, de Atalaia, que foi negociada com a Cooperativa dos Produtores Rurais do Vale de Satuba (Copervales).

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário