forex trading calculator investir em trader é o mesmo que investir na bolsa opções binarias xp investimentos qual os custos de operação de trader meta trader 5 download para operar a bolsa brasileira onde investir day trade swing trade qnto preciso pra operar como operar na olymp trade iniciante what is spot forex trading indicador opções binárias iq option trade investimentos e risco como investir na bolsa day trade qual a melhor configuração walligator em opçoes binaria opçoes binarias torr grupo de opçoes binarias pessoas operando trader corretora opçoes binarias que dão bonus sem deposito
Home Entretenimento Homem paga dívida de quase R$ 10 mil em moedas por vingança

Homem paga dívida de quase R$ 10 mil em moedas por vingança

Por Alagoas Brasil Noticias
   (Crédito: Reprodução)

O americano Nick Stafford pagou um imposto de quase US$3 mil (cerca de R$9.600) somente com moedas. O que lhe motivou foi a revolta com o departamento de trânsito do condado, onde vive em Lebanon, na Virgínia (EUA), depois de não ter conseguido o número do telefone do órgão para sanar algumas dúvidas sendo necessário apelar para a Justiça. Além disso, Stafford processou o Estado por não ter conseguido o telefone de outros escritórios do departamento de trânsito da sua região.

Devendo o pagamento de dois veículos que havia comprado, essa foi a forma que o americano encontrou para se vingar. Foram 300 mil moedas que, no total, pesavam 725 quilos, sendo transportadas em cinco carrinhos de mão. A vingança não foi tão fácil, já que ele precisou contratar 11 pessoas para lhe ajudar a contar as moedas antes de levar para o órgão de trânsito pagando a eles US$10 (cerca de R$34) por hora.

Chegando lá, foi a vez dos funcionários do departamento contarem centavo por centavo. Ao ver a cena, Stafford conta que todo o trabalho que teve, valeu a pena. “Com certeza, valeu cada centavo. Me custou muitas moedas, mas achou que provei meu ponto aqui e isso não tem preço”, afirmou ao site Inside Edition.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário