Home Alagoas Trio falsificava documentos para retirar o carro sem ser descoberto, segundo a polícia

Trio falsificava documentos para retirar o carro sem ser descoberto, segundo a polícia

Por Alagoas Brasil Noticias

Ação conjunta prende três suspeitos de furtar veículos do pátio do Detran – Por Rafael Maynart | Portal Gazetaweb.com >> Atualizada às 23/01/2017 18h45

O diretor-presidente do Detran e a delegada Maria Angelita informaram detalhes da açãoUma ação conjunta entre a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) prendeu três homens acusados de participarem de um esquema que falsificava documentos para a retirada de veículos de dentro do pátio do Detran. 

De acordo com a delegada Maria Angelita Sousa, entre os envolvidos está o funcionário de um cartório em Rio Largo. “Eles falsificaram os documentos para obterem a liberação do veiculo. O envolvimento do cartório seria na autenticação desses documentos”, explica a delegada.

Estão detidos na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos, Diogo Barros Silva, que teria autenticado as cópias dos documentos falsificados pelo grupo, Ananias Vieira da Silva Neto, que usou os documentos e retirou o carro do Detran e Marcos André do Nascimento Ricardo, despachante que intermediou todo o processo junto ao Detran.

Presos foram apresentados em uma entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (23)

FOTO: RAFAEL MAYNART

Uma mulher, que seria a quarta pessoa envolvida no esquema, está foragida e agentes da DRFVC estão à sua procura. Antônio Carlos Gouveia, diretor-presidente do Detran, informa que o esquema teve início há mais de duas semanas.

Real proprietário do Uno Vivace esteve no local para reaver o veículo 

FOTO: RAFAEL MAYNART

“A investigação começou quando o proprietário do Uno Vivace veio retirar o veículo e descobriu que o carro já havia sido retirado. Foi então que com uma pesquisa no banco de dados, o Detran descobriu que haviam falsificados os documentos do proprietário”, pontua. 

O Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (GECOC) também participa das investigações para o caso do esquema estender-se a imoveis, carros e terrenos.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário