opções binárias como receber dinheiro como investir na bolsa day trade no clear flanders investment & trade cerveja opções binárias qual o lucro indicador online binary opçoes binarias segredos para operar olymp trade forex trading account jamaica opçoes binarias da certo usando meta trader para operar trade investment limpopo lucro diario opções binárias opções binárias estrategia o que sao opçoes binarias de trade xp investimentos descoberto swing trade como ser trade operações e sacar sem burocracia opçoes binarias dobrando ao vivo opções digitais é o mesmo que opções binárias
Home NotíciasEsportes Guerrero faz dois, Flamengo domina e goleia Nova Iguaçu por 4 a 0

Guerrero faz dois, Flamengo domina e goleia Nova Iguaçu por 4 a 0

Por Alagoas Brasil Noticias

Por Agência Estado <> TNH1 <> Atualização <> ABN <> 05/02/2017 ÁS 06:24

O Flamengo segue sobrando no início do Campeonato Carioca. Neste sábado, em jogo disputado no Estádio de Moça Bonita, a equipe atropelou o Nova Iguaçu, fez 4 a 0 sem qualquer dificuldade e se manteve 100% na competição. Autor de dois gols, Mancuello foi o destaque da partida. Guerrero completou o placar, também marcando duas vezes.

Em três partidas, o Flamengo chega à impressionante marca de 11 gols marcados e apenas um sofrido, campanha que o deixa na liderança do Grupo A com nove pontos – os mesmos do Madureira – e praticamente o garante na semifinal da Taça Guanabara. Já o Nova Iguaçu, com apenas dois pontos, não tem mais chances de classificação.

Na próxima rodada do Carioca, em 12 de fevereiro, o Flamengo encara o Botafogo no Engenhão – antes, na quarta-feira, recebe o Grêmio, no Mané Garrincha, na sua estreia na Primeira Liga -, enquanto o Nova Iguaçu encara o Madureira no próximo sábado, fora de casa.

Depois de duas boas vitórias e de encaminhar a classificação às semifinais, o técnico Zé Ricardo poupou o volante Romulo e o meia Diego, escalando respectivamente Márcio Araújo e Adryan. E, apesar dos desfalques, o Flamengo iniciou melhor o duelo. Logo aos três minutos, o próprio Márcio Araújo recebeu bom passe de Guerrero, carregou sozinho e sofreu falta quase na risca da grande área, quando sairia frente a frente com o goleiro. Rafael Vaz, porém, cobrou mal a falta e desperdiçou a oportunidade.

Embora sem grande contundência, o Flamengo seguia dominando. Seis minutos depois Márcio Araújo sofreu nova falta – agora na latera direita – e Mancuello surpreendeu ao bater direto. Atento o goleiro Jefferson fez boa defesa e espalmou para escanteio. 

A tônica do jogo não mudava: o Nova Iguaçu, acuado, sequer conseguia trocar passes no campo ofensivo. E, aos 19, concretizando o domínio, o Flamengo abriu o placar. Após receber belo passe de Adryan, o peruano Trauco cruzou rasteiro, seu compatriota Guerrero furou e o argentino Mancuello, sozinho na segunda trave, apenas empurrou para as redes. Foi o seu primeiro gol no Campeonato Carioca.

Mas nem mesmo a desvantagem fez o Nova Iguaçu mudar a postura. A equipe seguia jogando no campo defensivo e apostando em contra-ataques pouco eficientes. O Flamengo, por sua vez, continuava criando. Apenas três minutos depois Mancuello cobrou escanteio e Rafael Vaz cabeceou com perigo.

A partir dos 30, por fim, o Nova Iguaçu saiu para o jogo. Aos 34 Paulo Henrique bateu falta rasteiro, firme, e Guerrero desviou para escanteio. Na cobrança, após a zaga afastar mal, Caio César finalizou no canto e Rafael Vaz salvou dentro da pequena área. A equipe ainda tentou alguns chutes de fora da área, sem criar qualquer perigo para Muralha.

E, já aos 45, quando o próprio Flamengo havia diminuído o ritmo, Pará cruzou na segunda trave, os zagueiros não acompanharam, o goleiro Jefferson saiu mal e Guerrero, totalmente sem marcação, cabeceou para o gol vazio. Lance que resumiu bem a desorganização do Nova Iguaçu e tornava o placar mais condizente com o primeiro tempo.

O panorama em nada mudou na etapa final. O Flamengo controlava o jogo até que, aos 11 minutos, em belo chute de fora da área, Mancuello acertou o ângulo e praticamente definiu o duelo.
As duas equipes, a partir daí, tentaram administrar o confronto – o Flamengo satisfeito com o resultado e o Nova Iguaçu preocupado em não sofrer o quarto gol. Zé Ricardo ainda fez alguns testes e colocou

Marcelo Cirino e Leandro Damião. E, numa jogada entre os dois, o zagueiro Murilo Henrique cometeu pênalti. Guerrero cobrou no canto, com classe, fechando o placar em 4 a 0 e dando sequência ao bom início de temporada da equipe.

FICHA TÉCNICA

NOVA IGUAÇU 0 x 4 FLAMENGO

NOVA IGUAÇU – Jefferson; Yan (Marlon), Raphael Azevedo, Murilo Henrique e Lucas; Iuri, Paulo Henrique, Caio Cezar, Wescley (Ratinho) e Renan Silva (Vinicius Matheus); Adriano. Técnico: Edson Souza.

FLAMENGO – Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão (Cuellar) e Adryan (Marcelo Cirino); Mancuello, Gabriel (Leandro Damião) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

GOLS – Mancuello, aos 19, e Guerrero, aos 45 minutos do primeiro tempo; Mancuello, aos 11, e Guerrero, aos 29 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Raphael Azevedo e Murilo Henrique (Nova Iguaçu); Rafael Vaz (Flamengo).

RENDA – R$ 212.375,00.

PÚBLICO – 6.134 pagantes (6.984 público total).

ÁRBITRO – Luis Antônio Silva dos Santos.

LOCAL – Estádio de Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ).

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário