Home » Operação em Maceió e Arapiraca resulta em duas mortes e na prisão de 14 pessoas

Operação em Maceió e Arapiraca resulta em duas mortes e na prisão de 14 pessoas

Por Alagoas Brasil Noticias
 

Armas, drogas e dinheiro foram apreendidos; dois menores foram detidos e seis pessoas estão foragidas <> Por Rafael Maynart <> ABN ás 19:15

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Alagoas divulgou nesta quarta-feira (15) o resultado da operação integrada de combate ao crime organizado deflagrada ontem nas cidades de Maceió e Arapiraca. Quatorze pessoas foram presas e duas morreram em confronto com a polícia. Armas, drogas e uma quantia em dinheiro foram apreendidas. Seis suspeitos estão foragidos e continuam sendo procurados. 

De acordo com o delegado Gustavo Xavier, titular da Regional de Arapiraca, o grupo, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas e o crime organizado, atuava no bairro Cidade de Deus, em Arapiraca, e estava começando os trabalhos em Maceió. 

Foram detidos Kamilla Fonseca de Araújo, de 21 anos (que foi liberada na audiência de custódia), Taíse Paulino da Silva, de 26 anos, José Francisco da Silva, conhecido como Xiquinho, de 21 anos, Luan Pereira da Silva, de 19 anos, Kleciane Marques da Silva, conhecida como Maria, de 22 anos, Gildo Douglas Soares dos Santos, conhecido como Pimpolho, de 20 anos, Givaldo Francisco da Silva, conhecido como Gil, de 23 anos, Dyana Maria de Farias, de 24 anos, Roniele Barbosa dos Santos, conhecido como Roni, de 31 anos, Jonata da Silva, conhecido como Gordo, de 22 anos, Jefferson Pereira de Freitas, conhecido como Prancha, de 21 anos, Cleiton Carlos Oliveira Liberato, de 27 anos, Isaias da Silva Santos, conhecido como Borel, de 19 anos, e Jamerson Tenório de Oliveira, de 18 anos. Os menores E.M.F.S, de 17 anos, e E.E.F.S., de 16 anos, também foram apreendidos. 

Drogas, arma e quantia de dinheiro foram apreendidas durante operação

FOTO: RAFAEL MAYNART

Com o bando, a polícia recolheu 25 quilos de drogas como maconha e cocaína, além de apreender três revólveres calibre 38 e R$ 6 mil em dinheiro. Dois suspeitos de liderar o grupo criminoso  morreram em confronto com a polícia. Eles foram identificados como Marcos Paulino da Silva, conhecido como Canela, de 33 anos, e Claydson Claudino Alves de Jesus, conhecido como Guegue, de 22 anos.

De acordo com informações repassadas durante coletiva de imprensa, os suspeitos teriam passado uma temporada na cidade de Paulínia, em São Paulo, para aprender um poico sobre o tráfico de drogas e organizar o transporte delas para o estado de Alagoas. 

De acordo com o delegado Gustavo Henrique, os líderes do bando, que foram mortos, já estariam morando em Maceió e teriam adquirido duas bocas de fumo de outros traficantes.

Seis suspeitos estão foragidos e continuam sendo procurados

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário