Home NotíciasPolicia Suspeitos de atear fogo em agência bancária morrem durante confronto com a polícia

Suspeitos de atear fogo em agência bancária morrem durante confronto com a polícia

Por Alagoas Brasil Noticias
Maxuell e Hallison morreram durante confronto com agentes   (Crédito: Cortesia ao TNH1 / PC)

Dois jovens suspeitos de terem ateado fogo a uma agência bancária da Caixa Econômica Federal (CEF), no município de Arapiraca, Agreste de Alagoas, morreram nessa quarta-feira (15), após reagirem a abordagem policial ocorrida no bairro Brasília, localizado no centro da mesma cidade.

Segundo informações da Polícia, Maxwell Queiroz da Silva, de 23 anos, conhecido como Pica Pau, e   Hallisson Ferreira da Silva, de 19 anos, o Negrete, foram abordados por agentes do Tático Integrado Grupo de Resgates Especiais (Tigre) da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), que estavam cumprindo mandado de prisão contra a dupla, quando decidiram atirar contra o grupo de policiais.        

Durante confronto, Hallison e Maxuell foram atingidos e socorridos até a Unidade de Emergência do Agreste (UEA), onde receberam os primeiros socorros mas não resistiram aos ferimentos e morreram logo em seguida.

De acordo com o delegado Gustavo Xavier, que responde pela segurança em Arapiraca, desde que as agências localizadas na cidade e também  em  Rio Largo sofreram atentado, no dia 22 de janeiro deste ano, uma força tarefa foi montada para que os suspeitos fossem identificados e presos.

“Infelizmente eles reagiram a abordagem e morreram, mas permanecemos com a investigação em andamento”, disse. O delegado não confirmou se outros suspeitos ainda são procurados pelos agentes do Deic e Tigre.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário