opçoes binaria registrar corretora xe opçoe binaria que pagan de verdade curso para operar trade é melhor operar opções binárias em dólar ou real baixar curso de opções binárias gratis quantidade de operações no day trade meilleur plateforme de trading forex ganhei dinheiro com opções binarias curso de trader presencial sp xp investimentos como operar day trade modal tryd como investir em opções binarias expert option opções binárias olymptrade israel trade and investment brazil love mondays opções binárias que aceitam paypal historical support resistance indicator forex target trading em opçoes binarias o que é m5 opções binárias envolve
Home Mundo Americana visita todos os países do mundo em tempo recorde

Americana visita todos os países do mundo em tempo recorde

Por Alagoas Brasil Noticias

 

A norte-americana Cassie De Pecol, 27, se tornou a primeira mulher a conseguir provar que visitou todos os 196 países do mundo – 193 Estados soberanos, de acordo com a ONU, e Taiwan, Kosovo e Palestina. Além disso, ela completou a aventura em tempo recorde: 18 meses e 26 dias. Por isso, espera entrar para o Livro Guinness dos Recordes. A aventura começou em Palau, em 25 de julho de 2015, e terminou no Iêmen, no último dia 2 de fevereiro.

Além da diversão e do espírito aventureiro, De Pecol também tinha algumas missões. Uma delas era a de levar ideias de paz pelo mundo. Na Coreia do Norte, por exemplo, quando um soldado disse que iria “destruir a América”, a viajante apresentou seus ideais pacíficos.

“Queria mostrar a ele que poderíamos ser amigos e coexistir”, disse à CNN. Além disso, De Pecol virou embaixadora do Instituto Internacional da Paz pelo Turismo, uma ONG fundada em 1986 que promove o entendimento cultural entre as nações. Durante a viagem, a americana se encontrou com prefeitos e ministros para presenteá-los com uma “declaração de paz” feita pela instituição. De Pecol também promoveu o turismo sustentável, dando palestras e plantando árvores por onde passou.

A americana foi criticada por passar pouco tempo nos lugares, o que, segundo alguns, a impediria de ter experiências significativas nos países onde visitou. “Tudo se resume a duas palavras: gerenciamento de tempo. Você pode passar o fim de semana em casa, vendo Netflix – o que é normal, sou culpada disso algumas vezes – ou viajar para cinco lugares diferentes dentro do mesmo país”, afirmou.

Para a viagem, De Pecol conseguiu arrecadar US$ 198 mil em patrocínios. Ela passou um ano e meio planejando a aventura e correndo atrás de apoio. Além do dinheiro, outra dificuldade foi obter vistos. Muitas vezes, a americana apelou para as redes sociais para conseguir entrar em países como a Síria, a Líbia e o Turcomenistão.

Caso o Livro Guinness dos Recordes homologue sua marca, De Pecol deve virar a pessoa que conseguiu viajar para todas as nações soberanas do mundo em menos tempo. O americano Yili Liu, atual detentor da marca, completou sua viagem em três anos e três meses.

Apesar de ter cruzado o globo, De Pecol ainda quer conhecer um lugar especial: a Antártida. Como não é uma nação soberana, o “continente gelado” ficou de fora da lista. Mas ela já está com viagem marcada para lá no final deste mês. Depois, a americana deve escrever um livro sobre suas aventuras e fazer um documentário.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário