Home ANADIA -AL . Juiz se emociona e chora durante sentença dos acusados na morte de ex-vereador de Anadia

Juiz se emociona e chora durante sentença dos acusados na morte de ex-vereador de Anadia

Por Alagoas Brasil Noticias
Trecho da letra de Tim Maia lida pelo magistrado emocionou todos os presentes <> Por Edenilda Cordeiro <> Atualizado <> ABN ás 18:26
Juiz Geraldo Amorim chora após lê refrão de música de Tim Mais que foi homenagem de Rita Ramé ao marido assassinado
 
O Juiz Geraldo Amorim da 9 ª Vara Criminal da Capital chorou e fez o plenário chorar, na noite desta sexta-feira (17), ao anunciar a sentença condenatória dos acusados de assassinar o ex vereador por Anadia, professor Luiz Ferreira. 
 
Já completava dois dias de julgamento e todos já estavam cansados e o magistrado muito abatido e com problemas na garganta disse: “Esse é o meu mister, foi o que escolhi e assim vou cumprir até o fim”. Na hora da sentença pediu o informal. Que todos permanecesse sentados, apenas ele ficou de pé para lê a sentença.
 
Ele relatou os fatos relacionados ao crime e fez uma pequena explanação sobre a vida da vitima, de acordo com as testemunhas do caso. “Luiz Ferreira foi um homem honrado e do bem, era um médico, um salvador de vidas, a Unimed de Anadia”. 
E continuou relembrando o depoimento da viúva Rita Ramé, no qual ela falou das virtudes ainda como marido e pai, e foi neste momento que Geraldo Amorim lembrou um refrão da música do saudoso Tim Maia, dita pela mulher. O magistrado não segurou às lágrimas levando o auditório a emoção. 
 
Essa a foi a letra
 
Gostava Tanto De Você
Tim Maia
 
Nem sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus, não pude dar
Você marcou em minha vida
Viveu, morreu na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão, que em minha porta bate
E eu
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você
Eu corro fujo desta sombra
Em sonhos vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Quero ver pra não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista 
O pensamento em você
E eu
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você
Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus, não pude dar
Você marcou em minha vida
Viveu, morreu na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão, que em minha porta bate
E eu
Gostava…

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário