opções binárias qual o lucro qual é melhor bitcoin ou opçoes binarias truques opções binárias day trade investimento minimo qual o momento de pico das opções binárias ferramentas de opções binarias operar com dólar ou real no olymp trade opçoes binarias operar no fim de seman ganhar com opções binarias plataforma para operar no day trade dá pra lidar com opções binárias morando no brasil trade balance investing bmf opções binárias melhores traders brasileiros de opçoes binarias darf day trade terra investimentos investimentos aplicativo trader trademap forma correta de estudar opções binárias
Home NotíciasPolitica “É incestuosa a relação do governo Temer com as petroleiras”

“É incestuosa a relação do governo Temer com as petroleiras”

Por Alagoas Brasil Noticias

Cesar Prata afirma que os empresários foram iludidos e traídos pelo governo Temer e pelo ex-chanceler José Serra (Foto: reprodução)

O petróleo parece mesmo ter sido a motivação central para o golpe contra a democracia brasileira, deflagrado em 2016. Isso porque as primeiras vítimas do novo regime foram o antigo modelo de partilha na exploração do pré-sal, sob o comando da Petrobras, e a política de conteúdo nacional, que favorecia as indústrias nacionais, que fornecem equipamentos para a indústria de óleo e gás.

Com Temer, a Petrobras cedeu campos do pré-sal para companhias internacionais, como Total e Statoil, mudou o modelo de partilha para concessão e, agora, escancarou a cadeia produtiva do setor, acabando com a política de conteúdo nacional. Com isso, empresas estrangeiras não apenas poderão explorar o pré-sal, como poderão trazer plataformas de fora do País.

Tal decisão revoltou os empresários do setor, que já estimam o corte de 1 milhão de empregos, num Brasil, que, com Temer, foi a 13 milhões de desempregados. “É um absurdo completo”, diz Cesar Prata, presidente do conselho de óleo e gás, da Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), em entrevista aos jornalistas Leonardo Attuch e Paulo Moreira Leite. “No momento em que o mundo se torna mais protecionista, para proteger seus empregos, o Brasil decidiu ir na contramão”, afirma.

Prata afirma ainda que os empresários foram “iludidos e traídos” pelo governo Temer e pelo ex-chanceler José Serra. “O que se comenta no mercado é que há uma relação promíscua entre este governo e as empresas internacionais de petróleo”, afirma.

O empresário diz ainda que, antes de se licenciar, o ministro agora licenciado Eliseu Padilha marcou uma reunião com os empresários do setor para debater a política de conteúdo nacional. No entanto, antes disso, o governo já exibia um vídeo, em Houston, meca do petróleo nos Estados Unidos, vangloriando-se do “liberou, geral” no setor.

Cesar Prata diz ainda que a destruição do setor de óleo e gás e da engenharia brasileira representa a volta a um projeto de Brasil colônia. Assista, abaixo, à sua entrevista.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário