da pra operar opçoes no meta trader xp investimentos operação bolsa trader como operar 5 minutos em opções binárias opera com trader mercado financeiro hoje opções binárias 5 varias operações 50pnts indice day trade mercado de cambio opções binárias com quanto operar bolsa day trade calcular custos operacionais em operações day trade indece e dolar call put power opções binárias quais os melhores horários para opções binárias operational risk trade-off opções binárias portugal 2019 visualizar operação day trade forex trading platform reviews taxas day trade xp investimentos campeonato italiano milan trader esportivo investimento
Home NotíciasEducação Prefeito recusa atender aprovados em concurso no interior de Alagoas

Prefeito recusa atender aprovados em concurso no interior de Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

Demandar tempo estudando para garantir a tão sonhada estabilidade financeira mediante concurso público não é a única preocupação dos concurseiros. Na cidade de Ouro Branco, interior de Alagoas, aprovados estão gastando suor, tempo e esforço exigindo serem chamados para assumir as vagas pelas quais têm direito.

O 7 Segundos conversou com membros da comissão dos aprovados em concurso realizado no ano de 2016, homologado em dezembro do mesmo ano, e soube com exclusividade de várias irregularidades no poder executivo municipal.

Sem resposta do atual prefeito, Edimar Barbosa (PMDB), a comissão foi até a Câmara de Vereadores buscar esclarecimentos sobre o concurso vigente. Os parlamentares apresentaram documento constando que o ex-gestor do município, Atevaldo Cabral, baixou uma portaria de urgência constando a contratação de 217 comissionados.

Segundo a denúncia apresentada ao portal, contratados e comissionados têm salários no valor de mil e oitocentos até três mil e quinhentos reais. Os concursados pressionam por resposta já que o ex-prefeito afirmou não ter condições para iniciar a chamada dos aprovados. Mesmo assim, ele baixou uma portaria em caráter urgente e nomeou vários cargos comissionados e contratados -de várias áreas- havendo um processo seletivo ainda em aberto e outro homologado.

Situação do certame

Após homologado, a prefeitura realizou duas chamadas dos aprovados. Na primeira, somente uma pessoa foi convocada a assumir o cargo. Já na segunda, dos 38 concursados aprovados em vagas do magistério, apenas 9 foram chamados.

Em grupo no WhatsAap, os concursados mostraram indignação diante do desinteresse (“vistas grossas”) do atual prefeito em conversar e apresentar alguma solução. Eles farão, novamente, uma intervenção junto ao legislativo amanhã, quinta-feira (09), onde irão pressionar a prefeitura para assumir os cargos pelos quais foram nomeados.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário