Home » Contas do FGTS com erro ou ‘divergências’ foram bloqueadas, diz Caixa

Contas do FGTS com erro ou ‘divergências’ foram bloqueadas, diz Caixa

Por Alagoas Brasil Noticias

Resultado de imagem para Contas do FGTS com erro ou 'divergências' foram bloqueadas, diz Caixa

Alguns trabalhadores não conseguiram sacar o dinheiro em suas contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ontem (10) devido a um bloqueio feito pela Caixa Econômica Federal. O primeiro lote de saques, para nascidos em janeiro e fevereiro, começou a ser pago pela manhã. 

O superintendente regional do Caixa, Sérgio Cançado, disse que o saldo de algumas contas apareceu como “bloqueado” ou sem saldo nesta sexta-feira por motivos de segurança, porque o banco detectou divergências ou informações imprecisas na base de dados destes trabalhadores.

 

Cançado explicou que isso pode ter acontecido, principalmente, por inconsistências ou erros de digitação no cadastro, como o nome do trabalhador ou de sua mãe. Outra hipótese é que a empresa tenha fornecido informações divergentes sobre a conta e, mesmo com um trabalho prévio do banco para corrigir o problema, ele pode ter permanecido em alguns casos.

Segundo a Caixa, trabalhadores que tiveram este problema devem ir pessoalmente a uma agência do banco para solucionar a questão e liberar o saldo em suas contas. Ao contrário do que foi dito pelo banco em entrevista mais cedo, a Caixa não vai reprocessar os casos na noite desta sexta-feira.

 

Correntistas que não receberam o dinheiro

Muitos correntistas da Caixa que haviam pedido a transferência automática em suas contas podem não ter recebido o dinheiro pelo mesmo motivo, diz Cançado. “Consulte no extrato da sua conta poupança da Caixa em lançamentos futuros, em muitos casos, mesmo que o recurso nao foi creditado aparece como lançamento futuro”, recomenda.

Trabalhadores com saldo em mais de uma conta do FGTS também relataram que não conseguiram sacar todo o dinheiro, ou o saldo ficou bloqueado em uma das contas.

 

Outro problema relatado pelos trabalhadores foram contas que apareceram com o saldo zerado ou que continuavam ativas, mesmo após o trabalhador ter pedido demissão ou ter sido dispensado por justa causa até 31 de dezembro de 2015. “Pode ser que uma das contas não tenha a informação da data do desligamento”, observa Cançado.

Neste caso, é preciso comprovar a rescisão do contrato de trabalho para que a conta apareça como inativa, lembra o superintendente da Caixa.

Erro no calendário

Alguns relatos dão conta de que o trabalhador que faz aniversário em fevereiro tinha a conta em “processo de liberação para a data do calendário”, mesmo já tendo direito ao saque pelo cronograma da Caixa. Neste caso, Cançado afirma que o mais provável é que o mês de nascimento do trabalhador esteja cadastrado com erro no sistema.

Em todo o país, o G1 recebeu relatos de clientes que tiveram problemas, como:

 

  • Saque de valores abaixo do verificado nas consultas de saldo feitas na internet
  • Problemas no cadastro e em documentação
  • Falta de cédulas em caixas eletrônicos
  • Falhas na leitura de cartão nos caixas

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário