Home NotíciasPolitica Ama foi “politizada” por Calheiros em evento para prefeitos e aliados

Ama foi “politizada” por Calheiros em evento para prefeitos e aliados

Por Alagoas Brasil Noticias

Reunião na Associação dos Municípios Alagoanos), entre diversas autoridades, serviu de palanque Calheirista para eleição do próximo <> Por Kleverson Levy <> ABN > ALAGOAS BRASIL NOTICIAS > 18:13

SENADOR RENAN CALHEIRO USANDO DA PALAVRA

Se o governador Renan Filho e o senador Renan Calheiros, ambos do PMDB, queriam chamar atenção na reunião da segunda-feira, 13, na Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), não foi bem assim.

Para mostrar força política, Renans (pai e filho) com aval do presidente Hugo Wanderley, atraíram boa parte de seus (deles mesmo) aliados ao evento.

O espaço da festa, no estacionamento da AMA, foi menor e suficiente para preencher as cadeiras que – aparentemente – mostrava um grande público presente.

Por outro lado, esqueceram até do Centro de Convenções Ruth Cardoso. Por quê?

No entanto, patenteada de “evento peemedebista”, o governador e o senador deram início ao projeto de reeleição para 2018.

Já escrevi aqui no blog que a reunião da segunda-feira (13) foi uma reedição do seminário “Alagoas: Realidade e Perspectivas” – organizado pela Ama, União dos Vereadores de Alagoas (Uveal) e demais entidades, ocorrida em 2013, para dar visibilidade à candidatura de Renan Filho ao governo do Estado.

Renan Pai e Renan Filho não quiseram falar sobre 2018 ou focar que o evento seria um pontapé inicial para o pleito do próximo ano.

Todavia, o resultado demonstrando uma festa político-partidária evidenciou que os Renans (pai e filho) não terão problemas em atrair os prefeitos alagoanos enquanto Hugo Wanderley estiver sob o comando da Ama.

Ganharam os Calheiros em ter um aliado de primeira linha que dialoga com os gestores – mesmo sendo apenas assuntos de interesses políticos – sem priorizar o trabalho técnico que tem a entidade.

Ao blog, alguns prefeitos e os presentes reafirmaram que o governador e o senador “politizaram” a Ama com um evento para engrandecer o PMDB.

Será?

Agora, a pergunta que não quer calar: quem pagou a conta da segunda-feira?

Alguém sabe?

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário