trada de ferro vitoria minas operação tração tubarao 2 opções binárias?trackid=sp-006 plataforma mais segura para operar trader investir hoje day trade tem como viver de opções binarias capex forex trading foto forex trading negociar em opções binárias agora a plataforma da investing é boa para day trade noticias opções binarias aprenda opções binárias livros para opçoes binarias curso para operar como trader volta redonda apostila como investir em opçoes binarias pdf taxas que xp investimentos cobra day trader diferença forex e opções binárias ex trader investimentos de londres
Home Alagoas Educação põe fim à greve após alertar população sobre a reforma trabalhista

Educação põe fim à greve após alertar população sobre a reforma trabalhista

Por Alagoas Brasil Noticias

Presidente do Sinteal diz que trabalhadores cumpriram seu papel de conscientização <>  Por Jobison Barros <> Gazetaweb.com <> Atualizado ABN ás 20:10

FIM DA GREVE DA EDUCAÇÃO !

A greve dos trabalhadores da Educação em Alagoas chegou ao fim nesta quarta-feira (29), depois de quase 15 dias. O sindicato que representa a categoria informou que os trabalhadores cumpriram sua tarefa de alertar a população sobre as consequências da Reforma da Previdência e do projeto da terceirização, principais pautas do movimento. 

MANIFESTAÇÃO NO CENTRO DE MACEIÓ > FOTOS FACEBOOK CONSUELO CORREIA

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal), Maria Consuelo Correia, a paralisação teve início em 15 de março, quando mais de um milhão de pessoas foram às ruas, em todo o país, para repudiar as medidas tomadas pelo governo federal e que podem vir a “ferir” o funcionalismo público e privado. Somente em Alagoas, cerca de 10 mil pessoas saíram de casa para protestar contra a Previdência e a terceirização. 

MOBILIZAÇÃO EDUCAÇÃO PROFESSORES 

“A greve acabou porque nós conseguimos conscientizar a categoria e a população como um todo quanto aos malefícios dessas medidas que massacram o trabalhador. O fim da paralisação foi decidido em votação em uma assembleia ontem. Mesmo assim, estamos mobilizados através de um calendário de atividades permanente”, disse a presidente. 

A PRESIDENTE DO SINTEAL > CONSUELO CORREIA USANDO DA PALAVRA

A agenda mencionada pela sindicalista abrange diversas ações. A próxima acontece nesta sexta (31), por meio de um ato público na Praça Deodoro, de onde os trabalhadores seguem – em caminhada – para a sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no Centro. 

O manifesto, que causará uma paralisação, conta com o envolvimento de vários sindicatos, liderados pela Central Única dos Trabalhadores (CUT). Já no dia 28 de abril, os trabalhadores retornam às ruas para o movimento “greve geral”, quando as atividades na rede pública serão paralisadas novamente. 

“Queremos deixar claro que esta greve da Educação não buscou reivindicar as pautas corriqueiras e específicas da categoria, mas se restringiu à reforma trabalhista e à terceirização”, ponderou Consuelo. 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário