Home NotíciasEducação Após corte de transporte escolar, estudantes protestam contra decisão de prefeito

Após corte de transporte escolar, estudantes protestam contra decisão de prefeito

Por Alagoas Brasil Noticias

Depois do trágico acidente envolvendo os dois ônibus escolares na semana passada na AL-110, o prefeito da cidade de Teotônio Vilela, Joãozinho Pereira, suspendeu o serviço para os estudantes universitários e cortou o transporte escolar para alunos de cursos técnicos e de cursos preparatórios para o Enem.

Revoltados, os estudantes se uniram e organizaram, através das redes sociais, a manifestação “Sem democracia, a educação não avança”.

Na manhã desta terça-feira (04), eles se mobilizaram na frente da Secretaria de Educação do município para pedir que o prefeito volte atrás da decisão. Embaixo do sol quente, os estudantes formaram uma longa fila próximo ao prédio da secretaria.

A secretária de educação, Noêmia Pereira, começou uma negociação com os estudantes, que reivindicam o direito de permanecerem utilizando os veículos.

Segundo alguns estudantes que participaram do protesto, a secretária chamou a guarda municipal para conter os jovens alunos. Os estudantes insistiram e a secretária aceitou conversar com um integrante de cada cursinho, totalizando 4 pessoas, às 11hrs. Mas o acordo não foi cumprido.

Justificativa

De acordo com informações, hoje o município tem 13 ônibus que fazem diariamente esse transporte, mas a prefeitura disse que não tem mais como manter, por questão financeira, o serviço para todos os estudantes. Justificando, assim, o corte.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário