Home NotíciasSaúde Até que idade a criança deve ir ao pediatra?

Até que idade a criança deve ir ao pediatra?

Por Alagoas Brasil Noticias

Resultado de imagem para Até que idade a criança deve ir ao pediatra?

A palavra pediatria vem do grego e significa algo como “aquele que cura crianças”. No entanto, é comum vermos adolescentes e até adultos se consultando com pediatras, o que pode causar uma enorme confusão. Na verdade, quando temos um pediatra de confiança, é muito difícil trocar de médico quando a criança chega à adolescência, principalmente porque os pais não procuram outro médico e também porque os próprios pediatras não indicam a necessidade de procurar por outros profissionais.

O Council of Pediatric Pactice (Conselho de Prática Pediátrica), com sede nos Estados Unidos, indica, desde 1969, que o acompanhamento com pediatra pode ser feito até os 21 anos. No entanto, outras entidades ao redor do mundo estabeleceram outros limites, que variam entre 12 e 18 anos. A própria Organização Mundial de Saúde (OMS) considera adolescente qualquer indivíduo a partir dos 10 anos até 20 anos incompletos.

Então, o que fazer? Até que idade a criança deve ir ao pediatra? A pergunta é difícil e não há uma resposta única e correta para ela. Os pais devem levar seus filhos ao pediatra enquanto todos se sentiram a vontade para isso: tanto os pais, quanto a criança e o médico. Mas é importante para os pais saberem que, à medida que a criança for crescendo, precisará cada vez mais de consultas, exames e diagnósticos mais específicos, e cabe ao pediatra indicar qual médico deve ser consultado.

Os adolescentes têm necessidades diferentes das crianças, e isso deve ser entendido e levado em conta pelo pediatra. O que muita gente não sabe é que existe uma especialidade na medicina chamada hebiatria, que trata especificamente de jovens a partir de 10 anos. O médico hebiatra está apto a acompanhar o desenvolvimento e as mudanças que acontecem com o ser humano a partir da puberdade, tratando doenças que apareçam ocasionalmente e, também, discutindo questões relacionadas à psicologia do adolescente. Para isso, ele faz dois anos de especialização em pediatria e mais dois em medicina do adolescente.

Cabe salientar que essa não é uma especialidade muito conhecida no Brasil e muitas pessoas passam direto do pediatra para o clínico geral sem ter ideia de que existem hebiatras que poderiam ajudar bastante. Felizmente, muitos pediatras estão aptos a tratar de adolescentes, reconhecendo todos os medos e desejos tão próprios dessa idade.

Por fim, cabe salientar que a visita periódica da criança ao pediatra é muito importante, pois este médico irá não só tratar as doenças, mas também acompanhar o crescimento e desenvolvimento infantil de perto, fazendo também a puericultura. Essas consultas são mais longas e servem para ver como está a saúde geral da criança, como está ocorrendo seu desenvolvimento e, também, para os pais tirarem dúvidas e pedir orientações a cerca de todas as questões relacionadas à criança.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário