Home Agricultura Renan terá encontro, nesta segunda (10) com plantadores de cana

Renan terá encontro, nesta segunda (10) com plantadores de cana

Por Alagoas Brasil Noticias

PUBLICADO POR DAVI SALSA <> ATUALIZADO <> ABN ÁS 17:47

RENAN CALHEIRO E O PRESIDENTE DA ASPLANA EDGAR ANTUNES

Nesta segunda-feira, 10, uma importante reunião acontece na Asplana, no bairro de Jaraguá, em Maceió.

O encontro terá a presença do senador Renan Calheiros e irá discutir entre outros assuntos, a crise que o setor enfrenta gerada pela longa estiagem que atinge o estado de Alagoas, até mesmo em municípios da Zona da Mata, reduzindo de forma significativa à produção e causando prejuízos aos plantadores alagoanos.

No programa de rádio semanal ‘No Rádio com Renan’, o senador aproveita para convocar todos os plantadores de Cana de Alagoas para participarem da reunião, que tem início previsto para as 10 da manhã, na sede da Asplana. A baixa ocorrência de chuvas em Alagoas prejudicou os canaviais do Estado e segundo avaliação do Sindaçúcar/AL, a previsão é de que a safra 2016/2017 cair quando comparada ao ciclo anterior.

“Quero convidar todos os fornecedores para que possamos conversar sobre a crise, as dificuldades do setor, a seca, a equalização de custos que é a subvenção, principalmente como financiar a atividade e como buscar um novo crédito junto aos bancos do Nordeste e do Brasil, para que os plantadores, sobretudo os pequenos e os médios, possam continuar plantando a cana, gerando sua subsistência e da sua família”, afirma Renan.

Na segunda-feira, dia 3, Renan recebeu em seu escritório, em Maceió, o presidente da Asplana, Edgar Antunes Filho e o ex-presidente Edgar Antunes, quando discutiram de forma rápida ações que podem ser feitas em apoio aos fornecedores alagoanos, através da atuação do senador em Brasília. Ainda no encontro, ficou definida a realização dessa reunião da segunda, dia 10, para que o senador Renan Calheiros possa conversar diretamente com a categoria e receber sugestões para que possa encaminhá-las junto ao governo federal.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário