Home Alagoas Irregularidades na Assembleia resultaram em gastos de R$ 52 milhões, diz auditoria

Irregularidades na Assembleia resultaram em gastos de R$ 52 milhões, diz auditoria

Por Alagoas Brasil Noticias

Resultado de imagem para Assembleia alagoas

Uma auditoria realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) constatou que as contas da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas (ALE) apresentam irregularidades que podem ter resultado em um gasto de R$ 52 milhões, entre os anos de 2009 e 2014. A auditoria é baseada em um relatório feito pela própria casa de Tavares Bastos. 

Segundo o documento de 164 páginas, divulgado pelo deputado estadual Rodrigo Cunha, as inconformidades encontradas podem ser verificadas no processamento da folha, realizado pela empresa Elógica Processamento de Dados Ltda; na infraestrutura e segurança fornecidas ao servidores; nas assinaturas que autorizam a liberação de recursos da ALE; além de constatar que houve pagamentos para contas de mais de um CPF e a servidores em um valor superior ao que consta na folha de pagamento. 

O documento afirma ainda que, diante do valor de R$ 52 milhões, são dadas como praticamente certas irregularidades que resultaram em um gasto de R$ 14 milhões, prováveis em um valor de R$ 4 milhões e possíveis inconformidades em um valor resultante de R$ 34 milhões. 

O resultado da auditoria foi entregue à mesa diretora há mais de um mês, e na ocasião, o presidente da ALE, Luiz Dantas, disse à imprensa que se fosse seguir a recomendação da instituição [FGV], nenhum servidor estaria mais trabalhando, devido ao número de irregularidades. 
Em plenário, Rodrigo Cunha vinha cobrando ter acesso aos documentos da auditoria, o que só aconteceu, quase um mês depois do primeiro pedido do deputado.  Somente após a divulgação do parlamentar, a assembleia “resolveu” divulgar o mesmo relatório em seu site.

Em suas redes sociais, Rodrigo Cunha afirma que sua atitude é para dar transparência aos atos, e que, uma vez que o trabalho foi pago com dinheiro público, os cidadãos merecem ter acesso. 

“Meu mandato é pautado, sobretudo, na transparência, por isso estou divulgando nas minhas redes sociais o resultado final da auditoria. Encaminharei a especialistas para que estudem o conteúdo e me forneçam um parecer”, diz o parlamentar. 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário