Home Mundo Acusado de receber propina da Odebrecht, presidente peruano diz que não renunciará

Acusado de receber propina da Odebrecht, presidente peruano diz que não renunciará

Por Alagoas Brasil Noticias

Pedro Pablo Kuczynski nega vínculos com Odebrecht, mas no sábado passado admitiu ter sido assesor em um de seus projeto, o H2Olmos – AFP/Arquivos

AFP

O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, defendeu sua permanência no cargo e negou qualquer possibilidade de renunciar, apesar das acusações de recebimento de propina da construtora brasileira Odebrecht.

“Não vou abdicar nem da minha honra, nem dos meus valores, nem das minhas responsabilidades como presidente. Nos custou muito recuperar a democracia, não vamos voltar a perdê-la”, disse o governante em pronunciamento em rede nacional, cercado de seus ministros.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário