Home NotíciasEsportes Palmeiras não desiste. Quer Geromel e Goulart na Libertadores

Palmeiras não desiste. Quer Geromel e Goulart na Libertadores

Por Alagoas Brasil Noticias

Pedro Geromel. Tentativa sigilosa, com o dinheiro de MinaReuters

O Palmeiras de Alexandre Mattos não se contentou ‘apenas’ com Lucas Lima, Gustavo Scarpa, Diogo Barbosa, Marcos Rocha, Weverton e Emerson Santos. O executivo de futebol, com o aval de Roger Machado, segue tentando Pedro Geromel e Ricardo Goulart. Não são apenas boatos de grupos de conselheiros, em mensagens de whatsapp.

E, pelos planos de Mattos, sem usar o dinheiro da bilionária Crefisa. Com recursos próprios, mas exigindo sacrifícios, cortar na própria carne. Na busca de Geromel, o Palmeiras repassaria os R$ 38 milhões, 80% que tinha direito pela venda de Mina ao Barcelona. 

Como os dirigentes do Guangzhou Evergrande não querem ceder Ricardo Goulart por empréstimo, a saída seria oferecer 15 milhões de euros, R$ 59 milhões, aos chineses. Esse dinheiro viria da própria China. Pelo segundo ano consecutivo, Dudu tem proposta para jogar no Oriente. Desta vez do Changchun Yatai.

Como sempre fazem, os representantes da equipe chinesa procuraram primeiro o jogador. E ofereceram um contrato de cinco anos. Com um salário de R$ 1,4 milhão. Dudu recebe R$ 350 mil mensais no Palmeiras. O Changchun Yatai está enfrentando problemas para manter Marinho, jogador contratado do Vitória. E que deseja voltar para o Brasil. Tem proposta do São Paulo. É a terceira vez que o Changchun tenta o atacante palmeirense.

O Palmeiras, a princípio, aceitaria vender Dudu por 18 milhões de euros, R$ 71 milhões. Agentes da equipe chinesa acenam para até 14 milhões de euros, R$ 55,2 milhões. O Palmeiras pagou 6 milhões de euros, cerca de R$ 23,6 milhões pelos jogador ao Dínamo de Kiev. A possibilidade de tanto lucro, orgulha Mattos. A negociação segue em sigilo.

Houve um componete importante na última semana. O Al Nassr, da Arábia Saudita, tinha uma proposta de 6 milhões de euros, R$ 23 milhões. Mattos conversou com Roger Machado e o treinador deixou claro que, para o seu esquema, atacando com muita velocidade, Keno será fundamental. Talvez até mais importante do que o próprio Dudu, que segue querendo atuar mais atrás, pelo meio, lugar onde há excesso de jogadores como Lucas Lima e Gustavo Scarpa. A importância de um jogador mais agudo fez Roger insistir por Keno.

Aos 26 anos, Dudu está vendo que seu sonho de atuar em um grande clube europeu não está se concretizando. E tem a chance de ganhar quase cinco vezes mais. Está muito tentado a se aventurar na China.

E Ricardo Goulart já percebeu que fazer sucesso na China não interessa. Clubes europeus não querem contratá-lo. E também foi esquecido pela Seleção Brasileira. Jogar no Palmeiras, recheado de bons jogadores, se tornou atraente.

Quanto ao Grêmio, o clube gaúcho acaba de contratar Paulo Miranda, velho sonho de Renato Gaúcho. E também tem no seu elenco, um zagueiro com grande potencial. O uruguaio Rodrigo Ancheta. Neto do excelente Ancheta, com passagem vitoriosa no próprio clube gaúcho, na década de 70. Além disso, conta com Bressan e Kannemann.

Pedro Geromel fará 33 anos em setembro. Ele é um jogador muito disciplinado, consciente, trabalhador. Fisicamente está em plena forma. Mas a direção gremista sabe que, apesar do ótimo futebol, não tem mercado nos grandes clubes europeus por causa da idade. Ele não deseja ir para centros menores, como Turquia, Arábia Saudita e China. Ainda sonha disputar a Copa da Rússia.

 

Diante do assédio do Flamengo e de representantes turcos, a direção gremista cedeu aos agentes do jogador. E ele passou a ser o jogador de maior salário, R$ 430 mil. Seu contrato termina em dezembro do próximo ano.

Além do dinheiro de Mina, o Palmeiras tem jogadores a oferecer ao time gaúcho. Deyverson, Hyoran, Fabiano são três que servem de moeda de troca. 

A direção palmeirense conta também com o desejo do jogador, em repetir Lucas Lima. E mostrar o erro que o próprio Palmeiras cometeu, ao não valorizá-lo, quando atuou pelo Palmeiras B. Voltar, com o status de estrela, para quem foi desprezado, é um componente que deve ser considerado.

Tudo está sendo tratado com o maior sigilo. Como foi no caso de Rodrigo Scarpa.

Para evitar decepções.

Ter Geromel e Ricardo Goulart, e com o próprio dinheiro, seria algo marcante.

Mas em último caso, o dinheiro da Crefisa está à disposição.

O aviso é de Leila Pereira.

O desejo pela Libertadores nunca esteve tão forte no Palestra Itália…

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário