Home Alagoas Servidores do Detran anunciam greve por tempo indeterminado

Servidores do Detran anunciam greve por tempo indeterminado

Por Alagoas Brasil Noticias

 

Servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) anunciaram, na manhã desta segunda-feira (29), que devem paralisar suas atividades por tempo indeterminado já a partir da próxima quinta-feira (1).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran de Alagoas (Sinsdal), Roberto Martins, a pauta de reivindicações que motiva a greve tem três pontos: a autonomia administrativa e financeira, a revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), e a necessidade de realização de concurso público para 210 novos servidores.

“Nossa pauta de reivindicações é a mesma dos anos de 2015, 2016 e 2017, mas nada é solucionado. Vamos paralisar novamente para que haja uma melhora na parte administrativa. Todas as vezes em que fechamos as portas nós conseguimos alguma melhora no plano cargos e carreiras. Porém, os outros problemas continuam”, afirma o presidente, assegurando que 100% dos serviços vão ser suspensos. 

Ainda conforme Roberto Martins, o governo estadual chegou a sinalizar, nos anos anteriores, que iria conferir a reivindicada autonomia administrativa. Contudo, reforça o sindicalista, nada saiu do papel. 

“No inicio de 2016, afirmaram que, no ano seguinte, o órgão ganharia uma série de investimentos, pois, o governo teria passado a enxergar o Detran como um serviço estratégico. Porém, o que fizeram? Pegaram 30% do orçamento do Detran e de demais órgãos para a campanha eleitoral e nada fizeram para reverter a situação”, reforça Roberto Martins, que complementa:

“Não temos dinheiro no Detran. Falta saco plástico e equipamentos diversos. Também é uma vergonha um exame de direção ser concluído em seis meses. E isso só acontece porque só temos 16 funcionários responsáveis pelo serviço”, diz, indignado. 

O sindicalista também pontua que, atualmente, precisa-se de 140 servidores e que cerca 70 dos que estão na ativa irão se aposentar no mês de março. “Precisamos de 210 novos servidores e, para isso, um concurso deve ser realizado, sendo que o governo afirma estar em crise, o que não justifica, pois, no ano passado, este mesmo governo lançou inúmeros certames”. 

À imprensa, no final da manhã desta segunda-feira, o diretor-presidente do Detran-AL, Antônio Carlos Gouveia, disse que ainda não havia sido comunicado oficialmente da decisão dos servidores. Na oportunidade, ele enumerou as ações que têm desenvolvido à frente do órgão, destacando que a citada crise impediria o governo de avançar com a pauta apresentada pela categoria.

DROGA ROCHA – ANADIA – AL.

FONTE: GAZETA WEB

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário