Home NotíciasEsportes Pai de Neymar defende filho e rebate Casagrande: “Comentário de abutre”; veja

Pai de Neymar defende filho e rebate Casagrande: “Comentário de abutre”; veja

Por Alagoas Brasil Noticias

Crédito: Reprodução/Instagram

O pai do craque brasileiro Neymar se pronunciou em seu Instagram oficial sobre as críticas do comentarista Walter Casagrande Jr. no programa “Redação SporTV” da última quinta-feira (15). Sem citar nominalmente o analista da TV Globo, Neymar Pai não economizou nas palavras ao defender o filho em uma longa postagem.

“Aproveitam uma derrota, uma batalha perdida, para ficarem a espreita, aguardando a derrota na guerra, para alimentarem seus egos, como os abutres se alimentam de carniça”, prosseguiu o empresário do camisa 10 do Paris Saint-Germain (FRA), citando oportunismo das pessoas nos momentos em que Neymar não obtém o sucesso esperado.

Em outro momento, Neymar Pai diz que o filho desde cedo travou uma batalha contra a opinião pública. “A guerra de meu filho ele ‘pratica’ desde muito jovem, sempre praticando o bom combate, sempre escapando dos abutres, sempre renascendo ainda mais forte!! E, principalmente, respeitando a todos, até mesmo os abutres…”, postou o pai do craque da seleção brasileira.

No fim, o empresário diz que Neymar conseguirá renascer das críticas e que os “abutres” engolirão as críticas dadas ao filho. “E tenham certeza… como uma fênix ele renascerá, preparado para quantos combates vierem pela frente! Quanto a você, abutre, ficará com fome. E restará engolir suas palavras, tão podres quanto a carniça”, finalizou Neymar Pai.

Confira a postagem na íntegra:

No “Redação SporTV” da última quinta, Walter Casagrande havia dito que a personalidade de Neymar o atrapalha dentro de campo. Na derrota do PSG diante do Real Madrid (ESP), pela primeira partida das oitavas de final da Uefa Champions League, o brasileiro passou em branco, teve atuação discreta e não evitou a derrota de seu time por 3 a 1 para os espanhóis.

“Me incomoda a maioria dos torcedores brasileiros e da imprensa ficarem passando a mão (na cabeça) do Neymar. Ele já demonstrou diversas vezes comportamentos fora do coletivo, mimado, colocando até em risco a equipe. Ontem [quarta-feira], ele levou um amarelo no primeiro tempo. Se ele faz mais uma falta ou cava uma, o juiz coloca ele para fora. O que seria desastroso. Isso pode acontecer em uma Copa do Mundo (…) Pô, aí falam: ‘O Cavani não sei o que, contrata (o fulano), o Neymar tem que sair do Barcelona porque está muito nas costas do Messi, aqui o centroavante não combina com ele, vamos levar para ele outro lugar’. Estamos criando um monstro, ao invés de corrigir o monstro para ele virar gênio. Não estamos colaborando com o Neymar”, opinou Casão.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário