Home Alagoas Mesmo com alto reforço policial, audiência sobre privatização da Eletrobras é marcada por tumulto

Mesmo com alto reforço policial, audiência sobre privatização da Eletrobras é marcada por tumulto

Por Alagoas Brasil Noticias

CadaMinuto>>Policiais em frente ao prédio da Esmal

A audiência para discutir as medidas da privatização da Eletrobras em Alagoas terminou, mas ficou marcada pelos gritos de protestos dos trabalhadores e integrantes de movimentos sindicais que são contrários a decisão do Governo Federal.

Antes mesmo do início das discussões, o auditório da Escola de Magistratura Alagoana (ESMAL) foi tomado e um tumulto generalizado formado. Houveram arramesos de sapatos, aparelhos celulares e bolas de papel.

Com isso, os sindicalistas decidiram não falar durante a audiência, que foi a quinta realizada pelo BNDES sobre a privatização das distribuidoras. O banco já promoveu encontros para tratar da venda da Ceron (Rondônia), Boa Vista (Roraima), Eletroacre e Amazonas Energia.

De acordo com Tenente coronel Aloízio, a situação foi contornada sem precisar empregar a força para retirada dos manifestantes do auditório. “Houve alguns pontos em que as pessoas eram contrárias e isso causou esse tumulto. Mas tudo ocorreu dentro da normalidade do que já era esperado”, colocou oficial.

Os movimentos sindicais ficaram indignados com o deslocamento do alto número de policiais que faziam a segurança do prédio. Apesar da finalização da audiência, os trabalhadores podem ingressar com ações na Justiça.

FONTE: CADA MINUTO

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário