Home NotíciasEsportes Maycon e Clayson comentam mudanças de Carille para “decisão” contra o Bragantino

Maycon e Clayson comentam mudanças de Carille para “decisão” contra o Bragantino

Por Alagoas Brasil Noticias

Crédito: Foto: Divulgação/site oficial do Corinthians

O Corinthians deve encarar o Bragantino, nesta quinta-feira (22), às 20h (horário de Brasília), na Arena, pelo duelo decisivo das quartas de final do Paulistão, com quatro mudanças, três delas até certo ponto inesperadas: as entradas do volante Ralf, do meia Mateus Vital e do atacante Júnior Dutra.

Em entrevista coletiva, o volante Maycon e o atacante Clayson, que terão sequência entre os titulares, comentaram as mudanças de Fábio Carille em relação ao jogo de ida que terminou com derrota por 3 a 2, no Pacaembu.

“Cada jogo o Carille tem uma estratégia, ele conhece os adversários, estuda, pensou nessas mudanças para esse jogo. São jogadores que estão preparados, o nível é alto. A gente confia em todos que vão entrar”, disse.

Depois de usar o 4-2-4 por alguns jogos, o Timão voltará a ter o esquema 4-2-3-1, com um jogador na referência do ataque. O atacante elogiou a variação tática de Carille neste início de temporada.

“Ele é um cara que estuda bastante o adversário, encontra opções, não fica refém de um esquema só de jogo. É importante para todos. A gente tem que se adaptar e não perder nossas características de um jogo curto e aproximado”, acrescentou.

No último treinamento antes da partida, Carille sacou do time titular o volante Gabriel e os atacantes Romero e Emerson Sheik.

A mudança que causou mais impacto foi a saída de Gabriel para a entrada de Ralf. Maycon confirmou que a alteração foi estratégica para aumentar a estatura do time e melhorar as jogadas aéreas defensivas. No jogo de ida, dois dos três gols do Bragantino nasceram neste tipo de jogo. Ralf tem 12 cm a mais de altura que Gabriel.

“Não muda tanto (a mudança), são grandes jogadores e dentro do nosso esquema de jogo praticamente têm a mesma função, de ajudar bastante na linha defensiva. É claro que o Gabriel está deixando o time por estratégia, e o Ralf é um pouco mais alto e melhor na bola aérea. Isso é um ponto forte do Bragantino, estudamos bastante o adversário e o Fábio fez essa mudança exclusivamente por causa disso”, explicou o camisa 8.

Clayson, que deixou o time do intervalo após sentir mal-estar, lamentou os gols sofridos em jogadas aéreas, assumiu a culpa no primeiro gol quando deu condição legal a Matheus Peixoto, garantiu que o time está concentrado em reverter o placar do jogo de ida e garantir a classificação à semifinal.

“Sabíamos que a bola aérea deles era forte, Carille nos passou antes do primeiro jogo. Infelizmente levamos dois gols. Aconteceu uma coisa atípica que escorreguei e dei condição no primeiro gol. Estamos focados para fazer dois gols e sair classificado”, afirmou.

Importância da torcida

Maycon sabe que o apoio da torcida será importante em busca da classificação e pede intensidade ao time durante os 90 minutos.

“Jogo de paciência, trocas de passes, a torcida vai ser importante para a gente, temos que nos manter em cima do adversário para a torcida vir junto e ver que estamos lutando pelo resultado. Não podemos deixar aquele jogo moroso, o que seria benéfico para o Bragantino que tem a vantagem do empate. Temos que ir para cima deles. E com o apoio da torcida a gente fica muito forte na Arena”, declarou o meio-campista.

Além das entradas de Ralf, Mateus Vital e Júnior Dutra, o Corinthians terá o jovem Mantuan na lateral-direita já que Fagner está servindo a seleção brasileira.

Precisando de dois ou mais gols para se classificar no tempo normal, o Timão deve entrar em campo com: Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Mateus Vital, Rodriguinho e Clayson; Júnior Dutra

football formations

Fonte: Torcedores

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário