Home NotíciasEsportes Flagrado em exame antidoping, volante da Chapecoense pode ser suspenso por 2 anos

Flagrado em exame antidoping, volante da Chapecoense pode ser suspenso por 2 anos

Por Alagoas Brasil Noticias

A Chapecoense recebeu uma péssima notícia na tarde desta terça-feira. O exame antidoping feito pelo volante Moisés Ribeiro no jogo de volta contra o Nacional-URU, no Uruguai, pela segunda fase da Copa Libertadores, deu positivo para o uso de corticoide e o jogador pode ser suspenso por até dois anos.

A substância é um hormônio que possui ação anti-flamatória e é proibida pela Agência Mundial Antidopagem (WADA) porque pode gerar aumento no desempenho dos atletas. Diferente dos anabolizantes, essa substância é considerada de menor gravidade.

Nos próximos dias, um laboratório credenciado na Alemanha vai analisar a contraprova e, caso a substância seja encontrada novamente na urina do jogador, a Conmebol vai julgar Moisés Ribeiro, que pode pegar até dois anos de suspensão. A FIFA, a Conmebol e a ABCD (Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem) já foram notificadas.

Moisés Ribeiro, de 27 anos, chegou na Chapecoense em 2016 depois de defender Portuguesa, Olaria, Bragantino, Boa Esporte, Mogi Mirim, Linense, Sampaio Corrêa e Avispa Fukuoka-JAP. Nesta temporada, ele disputou apenas seis jogos.

Chapecoense e Nacional-URU se enfrentaram pela segunda fase da Copa Libertadores. Na partida de ida, em Chapecó, o Verdão do Oeste perdeu por 1 a 0 e o placar se repetiu no Uruguai.

Fonte: Futebol Interior
 

VENDEDOR AUTORIZADO – MOACIR ARAUJO

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário