Home » Nenhuma das ações anunciadas contra Alckmin dará em prisão

Nenhuma das ações anunciadas contra Alckmin dará em prisão

Por Alagoas Brasil Noticias

As duas ações contra Geraldo Alckmin por causa dos R$ 10 milhões da Odebrecht podem terminar de qualquer jeito, menos com a prisão do ex-governador tucano.

PUBLICIDADE

A ação anunciada pelo Ministério Público de São Paulo, nesta semana, “se atém à esfera civil. Uma condenação por improbidade não inclui possibilidade de prisão”, ressaltou a Folha de S. Paulo nesta sábado, “mas pune pessoas e empresas com multa, perda de cargo e proibição de contratar com governos, por exemplo.”

PUBLICIDADE
O mesmo conteúdo que gerou a ação civil pública também rechea uma investigação contra Alckmin que saiu do Superior Tribunal de Justiça para as mãos da Justiça Eleitoral, a pedido da vice-procuradoria geral da República.

Essa decisão ocorreu porque, na visão do Ministério Público Federal, não há evidência de que a Odebrecht tenha recebido alguma contrapartida por ter feito doação de R$ 10 milhões às campanhas de Alckmin, via caixa 2. Ou seja, não haveria base para uma ação por corrupção passiva e lavagem.

Dessa forma, o tucano reponderá por crime eleitoral.

Fonte: Falando Verdades

PUBLICIDADE

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário