tem como viver de opções binarias scorpion trader investimentos site viver de opçoes binarias helio moraes opçoes binarias trade invest cuiaba mp trade and investment brasil seguir a tendencia opções binarias operar day trade com 10 mil reais quantos por cento vale a pena operar no day trade stockpar opçoes binarias forex trading performance opçoes binarias é real curso de opções binarias preço trading topics forex melhores estratégias de opções binárias do mundo cquais os custos para operar day trade nem todas as empresas operam em day trade
Home Alagoas Nelma Padilha, primeira juíza de Alagoas, será sepultada neste domingo, às 14h

Nelma Padilha, primeira juíza de Alagoas, será sepultada neste domingo, às 14h

Por Alagoas Brasil Noticias

A desembargadora aposentada Nelma Padilha faleceu neste sábado, em Maceió, em decorrência de câncer. Ela se aposentou em agosto de 2012, depois de 36 anos de atividade judicante. O sepultamento será realizado neste domingo, às 14h, no cemitério Campo Santo Parque das Flores, em Maceió.

PUBLICIDADE

A desembargadora foi a primeira mulher de Alagoas a conquistar o cargo de juiz de Direito, exercendo a judicatura a partir de junho de 1976, na Comarca de Porto de Pedras, onde permaneceu até 1978, passando pelas comarcas de Paulo Jacinto, Piaçabuçu, Pão de açúcar, Palmeira dos Índios e Pilar.

Chegou à 3ª entrância em dezembro de 1992. Em 2009, pelo critério de antiguidade, ascendeu ao Tribunal de Justiça de Alagoas, como desembargadora. Foi empossada no cargo de vice-presidente da Corte alagoana em 2 de fevereiro de 2011, assumindo também a presidência da Sessão Especializada Cível.

PUBLICIDADE

“Nelma fez história ao ser a primeira mulher a conquistar o cargo de juíza em Alagoas. Exerceu suas atividades com muita qualidade e honradez. Deu imensa contribuição ao Judiciário alagoano”, comentou o desembargador Otávio Praxedes, presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL).

A presidência da Associação Alagoana de Magistrados (Almagis)  divulgou nota em que lamenta “profundamente” esta perda e presta condolências aos familiares e amigos. “Alagoas perde a pioneira da magistratura. Colega carismática. Deixa lacuna no Poder Judiciário de Alagoas”, afirmou Ney Alcântara, presidente da Almagis.
 
Fonte: Gazeta Web
 
PUBLICIDADE
 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário