trade development factoring operation o que são operações day trade melhor livro para opções binárias como operar na olymp trade iniciante hackeando opções binárias robot opçoes binarias sure fire forex trading invest trader coin da para operar day trader pelo celular operar como trader de moeda criptografada forex bolsa ou trading o que são ativos opções binárias operando de day trade opções binárias ou day trade catalogação opcoes binarias diversify forex trading qual o agente de pagamento mais confiavel nas opções binárias
Home NotíciasEsportes Massacre no Rei Pelé: CSA goleia o Oeste por 5 a 1

Massacre no Rei Pelé: CSA goleia o Oeste por 5 a 1

Por Alagoas Brasil Noticias

Meia azulino Daniel Costa abriu o marcador no Estádio Rei Pelé, em cobrança de pênalti

Jogando com autoridade, o CSA não tomou conhecimento do Oeste e goleou o time rubro-negro por 5 a 1, na noite desta sexta-feira (27), fazendo a festa de sua fiel e apaixonada torcida no Estádio Rei Pelé. A partida foi válida pela 3ª rodada do Brasileiro da Série B. Com o resultado, o Azulão foi a seis pontos e saltou para a 3ª posição, nela permanecendo ao menos até este sábado, quando a bola vai rolar para mais cinco jogos. O Oeste, por sua vez, estacionou nos quatro pontos e ocupa a 9ª colocação.

Marcaram para o CSA Daniel Costa, Leandro Souza, Michel Douglas, Leandro Amaro (contra) e o estreante Walter, que entrou no segundo tempo; já Bruno Lopes fez o único gol do Oeste.

O próximo jogo do Azulão é na terça-feira, dia 1º, contra o Criciúma, às 16h, no Heriberto Hülse. Já o Oeste vai receber o Coritiba, na sexta-feira, 4, na Arena Barueri, às 21h30. 

Já o jogo do CSA no dia 26 de maio (sábado), contra o Figueirense, pela 7ª rodada, foi antecipado para o dia 22 (terça-feira), às 19h15, no Rei Pelé.

Imagem de Amostra do You Tube
 

CSA 5×1 Oeste-SP (Série B 2018)

Confira os melhores momentos da partida no Estádio Rei Pelé

O JOGO 

O CSA começou o jogo muito bem, solto, jogando pelas laterais. E aos 5 minutos, quase abriu o placar. Rafinha arriscou chute de fora da área e soltou uma bomba. O goleiro Tadeu caiu no canto esquerdo e espalmou para escanteio.

Só dava CSA na etapa inicial. Confiante, o time do técnico Marcelo Cabo pressionava, enquanto o Oeste só se defendia.

Mas, aos 10min, o Oeste respondeu em jogada de bola parada. Na cobrança da falta, a bola foi no segundo pau e Leandro Souza meteu a cabeça, mandando para escanteio, quando o árbitro já marcava impedimento do zagueiro Leandro Amaro.

Jogadores do CSA comemoram o primeiro gol do jogo, assinalado em cobrança de pênalti

Aos 13min, o Azulão chegou de novo. Celsinho recebeu bola de Niltinho pela direita e cruzou rasteiro, mas Tadeu fez a defesa. 

O Oeste resistia à pressão do CSA, que, aos 15 minutos, teve um pênalti em seu favor. Niltinho recebeu pela direita, abriu espaço para o chute da entrada da área e o zagueiro botou a mão na bola. Aos 16min, Daniel Costa cobrou e, com direito à paradinha, chutou com categoria, tirando o goleiro da jogada. A bola foi no canto esquerdo: 1 a 0.

Aos 24min, Oeste respondeu mais uma vez: Claudinho cobroa falta e cruzou no primeiro pau, mas Rafinha cortou pelo alto. 

Depois do gol azulino, a equipe do Oeste avançou mais. Mas o CSA, ainda assim, seguia mais organizado. E aos 31 minutos, foi o Azulão de novo quem balançou a rede. Didira mandou a bola na área do Rubrão, Leandro Souza subiu mais alto que todo mundo e cabeceou para o fundo da rede de Tadeu: 2 a 0. Um golaço!

Zagueiro azulino Leandro Souza desviou de cabeça e não deu chance para o goleiro Tadeu

Pouco depois, aos 36min, o CSA chegou de novo. Daniel Costa pegou sobra da defesa do Oeste e chutou forte da entrada da área, mas mandou longe do gol. 

E o CSA estava impossível, marcando o terceiro aos 41min, quando Celsinho arrancou em velocidade pela direita e cruzou rasteiro, na primeira trave. Michel Douglas antecipou-se à marcação e tocou prensado com o zagueiro. O goleiro Tadeu ainda tocou a bola, mas não conseguiu evitar o gol, que foi no canto esquerdo: 3 a 0.

O Oeste, sempre perigoso, ainda diminuiu aos 45min, com Bruno Lopes, que soltou uma bomba indefensável para Cajuru: 3 a 1.

Já no primeiro minuto do 2º tempo, o Oeste, que voltou com mais velocidade, começou com uma grande chance: após cruzamento da direita, Bruno Lopes surgiu livre de marcação e chutou rasteiro. Cajuru defendeu com os pés e, na sequência, o mesmo Bruno chutou na rede pelo lado de fora. 

Aos 15min, o Oeste até que marcou novamente, só que contra. Celsinho cruzou da direita, Leandro Amaro tentou afastar, com Michel Douglas a pressioná-lo, e mandou para a própria meta: 4 a 1.

Michel Douglas disputa bola na pequena área e vê zagueiro desviar contra o próprio patrimônio

Aos 26min, o Oeste, que não se entregava, voltou a assustar chegou. Léo Castro, que entrou no segundo tempo, recebeu pela esquerda, nas costas da zaga, e tocou com categoria, na saída do goleiro, mas viu a bola passar à direita de Cajuru. 

Porém, a noite era mesmo do CSA, que teve novo pênalti aos 31min. Niltinho cruzou rasteiro, a defesa do Oeste cortou errado e Walter, que estreou no Azulão, entrando neste 2º tempo, ficou com a sobra. Ele encheu o pé e o zagueiro Leandro Amaro botou o braço na bola. Na cobrança, o próprio Walter chutou forte, no canto direito de Tadeu, e ampliou, fechando a goleada no Rei Pelé: 5 a 1.

Com direito a “olé”, torcedor azulino fez a festa nesta noite, no Trapichão

FICHA TÉCNICA

CSA: Alexandre Cajuru, Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Edinho e Ferrugem (Muriel); Niltinho, Daniel Costa (Walter) e Didira; Michel Douglas (Velicka). Técnico: Marcelo Cabo.

Oeste: Tadeu, Daniel Borges, Suellinton (Rodrigo Souza), Leandro Amaro e Guilherme Romão; Lídio, Wallace Bonilha e Claudinho; Bruno Lopes (Leo Castro), Pedrinho e Nicolas Careca (Danielzinho). Técnico: Roberto Cavalo.

Walter chuta forte, rasteiro, e deixa a sua marca em cobrança de pênalti

Fonte: Gazeta Web

PUBLICIDADE

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário