ir day trade clube de investimentos brasil trade investimentos logo los day trade operação binaria como operar day trade com robos gratuitos atividades do coordenador de operações trade eudes opções binárias qual maquina posso usar para operar day trader iq option opções binárias download ordem day trade sem permissao pra operar na bolsa forex auto trading robot software free download day trade terra investimentos forex trading vs bitcoin opções binárias significado das velas vale a pena investir no day trade da bolsa como operar cmo petr4 day trade padrões cíclicos opções binárias vale a pena investir day trade dinheirama
Home Geral Ninguém quer comprar o tríplex atribuído a Lula

Ninguém quer comprar o tríplex atribuído a Lula

Por Alagoas Brasil Noticias

O leilão do triplex da OAS, atribuído a Lula pela Lava Jato, “encalhou“, segundo informações de Mônica Bergamo nesta quarta-feira (2). A jornalista escreveu que “até o fim da semana passada, nenhum lance tinha sido feito pelo imóvel, que foi levado a leilão por R$ 2,2 milhões.” Além deste montante, quem arrematar o apartamento terá de arcar com uma dívida de R$ 47 mil, de condomínio.

Segundo o site do leilão, o triplex teria “armários e camas em bom estado de conservação”. O mesmo não pode ser dito sobre o elevador, já que “a luz da unidade não está ligada”. 

PUBLICIDADE

Na semana passada, o GGN mostrou que a Polícia Federal fez uma vistoria superficial no triplex, e não investigou os valores que supostamente foram empregados na reforma por duas empresas subcontratadas pela OAS: a Tallento (que nunca havia reformado um imóvel a pedido da empreiteira), que cobrou mais de R$ 700 mil à época, e a Kitchens, que recebeu quase R$ 300 mil pelo mobiliário.

No relatório feito após a vistoria, em 2016, a PF admitiu que não investigou a reforma a fundo, fazendo uma comparação entre os valores contratados, o que foi executado, e o que era cobrado pelo mercado.

No laudo, a PF ainda apontou que itens contratados, como a impermeabilização de alguns espaços, era de “dificílima” constatação. A invasão do MTST em abril mostrou, por outro lado, que parte do imóvel sofre com infiltrações e umidade.

PUBLICIDADE

GGN também mostrou como a mídia ajudou a criar a história do triplex de luxo. A título de exemplo, em janeiro de 2016, com “investigadores” como fonte, o Estadão emprestou sua credibilidade à fake news sobre o triplex luxuoso, divulgando que a geladeira comprada para o apartamento custara R$ 10 mil. O microondas, R$ 5 mil. O forno elétrico, outros R$ 9 mil. No “mercado de luxo”, a OAS teria até encomendado uma “escada em caracol” por R$ 24 mil.

A realidade no interior do triplex, como se vê nas imagens do MTST, é outra: o imóvel em estado de deterioração possui em sua cozinha modesta um fogão de piso com 4 bocas, comprado lá em 2014. Segundo um laudo da Polícia Federal feito março de 2016, o mesmo eletrodoméstico custava menos de 10% do que informou o Estadão: R$ 845,00. O microondas, R$ 574,00. A escada em caracol? Nunca foi instalada, mas seu valor entrou na conta que Lula foi obrigado a pagar.

Fonte: Pragmatismo

PUBLICIDADE

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário