Home » PF deflagra operação em Canapi por desvios de recursos

PF deflagra operação em Canapi por desvios de recursos

Por Alagoas Brasil Noticias

A Polícia Federal (PF) em Alagoas deflagrou na manhã desta quinta-feira (10) uma operação denominada “Canapi” cujo objetivo é investigar uma organização criminosa na cidade no período em que Genaldo Vieira foi prefeito. A ação é um desdobramento da “Triângulo das Bermudas”, que resultou na prisão do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Canapi, Celso Luiz.

PUBLICIDADE

“Estão sendo cumpridos mandados nas cidades de Canapi, Delmiro Gouveia, Tanque D’Arca, Marechal Deodoro e Maceió. São 11 mandados de busca e apreensão e três ordens de sequestro (apreensões de veículos que teriam sido adquiridos com o dinheiro desviado de Canapi), além de notificar os investigados para que recolham fianças que variam de R$ 10.000,00 a R$ 100.000,00”, relata a assessoria de comunicação da PF em Alagoas.

Ainda de acordo com a PF, as fraudes investigadas na “Operação Canapi” envolvem o ex-prefeito Genaldo Vieira, seu ex-advogado e o ex-secretário municipal de Finanças. A PF não informou se o ex-secretário é o nomeado por Genaldo, uma vez que trocou o titular da pasta ao assumir o comando da Prefeitura em agosto de 2016 após o afastamento de Celso Luiz.

A PF adianta que a “Operação Canapi” apura a prática de irregularidades na prestação de serviços de limpeza de fossas, reparo de telhados, alimentos, fornecimento de cestas básicas, transporte escolar e recuperação de estradas vicinais.

As empresas investigadas, segundo a PF, são a Sonibrás, Cláudia Soares Pedrosa Ltda., JL de Macedo Neto Ltda. e a Kap Locações e Serviço.

“Em apenas quatro dias, de 26 de dezembro de 2016 a 29 de dezembro daquele ano, foram gastos cerca de R$ 7.000.000,00, justamente o restante do precatório do Fundef [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério] que Celso Luiz não desviou de Canapi”, completa a assessoria de comunicação da PF em Alagoas.

Fonte: Por Tribuna Hoje

PUBLICIDADE

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário