como ser trade operações e sacar sem burocracia quanto devo investir em opçoes para proteger minhas acoes opções binárias teste quero pagar um trader para operar pra mim online forex trading education investir com pouco dinheiro swing trade imperial trade investments como operar dolar em swing trade robo de investimentos para olymp trade free online forex trading education trade de investimento opcoes binarias benjamin daniel pdf opções binárias são ilegais ativos para operar day trade operar simulador trader como operar na plataforma profitchart trader clear youtube como operar robôs no trade
Home NotíciasPolicia 6ª DRP prende mulher que permitia abusos sexuais contra a filha em São Miguel dos Campos

6ª DRP prende mulher que permitia abusos sexuais contra a filha em São Miguel dos Campos

Por Alagoas Brasil Noticias

Policiais da 6ª Delegacia Regional de São Miguel dos Campos, sob a coordenação do delegado João Marcello Almeida, cumpriram nesta sexta-feira (18), mandado de prisão contra uma mulher acusada de omissão em abuso sexual da própria filha.

PUBLICIDADE

Maria Welida Roze Ferreira da Silva, 35 anos, foi presa no bairro Bela Vista II, por determinação da 4ª Vara Criminal de São Miguel dos Campos.

De acordo com as investigações, Maria Weilda tinha conhecimento que sua filha era abusada sexualmente por seu companheiro, padrasto da menina, Geovanio Ferreira da Silva, 37 anos. 

Ainda segundo a polícia, os abusos eram praticados com regularidade e teriam se iniciaram quando a menina tinha apenas 9 anos de idade. Aos 15, a menor engravidou e teve uma filha do padrasto.

A mãe, no entanto, continuo permitindo que a filha fosse abusada sexualmente pelo seu companheiro, sendo totalmente omissa, não tomando nenhuma providência, inclusive procedeu ao registro de nascimento de sua neta, em nome do seu esposo.

PUBLICIDADE

Geovanio Ferreira encontra-se detido desde novembro de 2015, quando foi preso em flagrante delito por estupro de vulnerável. Na época, Maria Weilda também havia sido presa, mas foi colocada em liberdade em junho de 2016.

O delegado informou ainda que com o trânsito em julgado da condenação, Maria Weilda retornará para a prisão, onde cumprirá pena de 17 anos e 8 meses de reclusão. A prisão acontece no mesmo dia dedicado ao Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em todo país.

Fonte: Alagoas Web

PUBLICIDADE

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário