como fazer opções binárias de 30 minutos tarifas investir opçoes como operar opç oes binarias no meta trader o que é trade no investimento operar como trader de moeda criptografada meta trader conta demo xp investimentos programa para operar day trade mini dolar estudo de opções binarias online forex trading companies vale a pena investir 1100 00 no trader curso opções binárias mercado livre crypto trading forex opções binarias fibonacci como operar opções binárias forex factory turtle trading como operar em olymp trade como declarar imposto de renda de operações day trade
Home Mundo Israel mantém moradores de Gaza ‘enjaulados em favela tóxica’, diz chefe de direitos humanos da ONU

Israel mantém moradores de Gaza ‘enjaulados em favela tóxica’, diz chefe de direitos humanos da ONU

Por Alagoas Brasil Noticias

Israel tem privado palestinos sistematicamente de seus direitos humanos, com 1,9 milhão de pessoas em Gaza “enjauladas em uma favela tóxica do nascimento até a morte”, disse nesta sexta-feira (17) o chefe de direitos humanos da ONU, Zeid Ra’ad al-Hussein.

PUBLICIDADE

Abrindo uma sessão especial do Conselho de Direitos Humanos da ONU que pode estabelecer uma comissão de inquérito sobre a violência recente em Gaza, Zeid criticou duramente Israel, citando os confrontos da última segunda-feira, quando as forças de segurança israelenses mataram mais de 60 palestinos.

Nos confrontos, grupos de palestinos tentaram avançar contra a barreira que fica na fronteira com Israel e lançaram pedras na direção dos soldados, que responderam com tiros e bombas de gás lacrimogêneo. Israel disse estar agindo em legítima defesa para proteger suas fronteiras e comunidades.

 

Palestinos correm para se proteger de bombas de gás atiradas por tropas israelenses na fronteira entre Gaza e Israel após protestos contra a inauguração da embaixada dos EUA em Jerusalém na última segunda-feira (Foto: Mahmud Hams/AFP)

Palestinos correm para se proteger de bombas de gás atiradas por tropas israelenses na fronteira entre Gaza e Israel após protestos contra a inauguração da embaixada dos EUA em Jerusalém na última segunda-feira (Foto: Mahmud Hams/AFP)

Os palestinos protestavam na fronteira pelo direito de retorno de palestinos expulsos em 1948 com a criação do Estado de Israel e contra a inauguração da embaixada dos EUA em Jerusalém.

PUBLICIDADE

“Ninguém ficou mais seguro pelos terríveis acontecimentos da semana passada”, disse. “Acabem com a ocupação e a violência, e a insegurança desaparecerá em grande parte”.

Al Hussein disse que a resposta de Israel às manifestações palestinas em Gaza foi “totalmente desproporcional”. “O forte contraste no número de vítimas dos dois lados sugere que a resposta (de Israel) foi totalmente desproporcional”, disse.

 
Fonte: Por G1 Mundo
 
PUBLICIDADE
 
 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário