Home NotíciasEsportes CX10 elogia estrutura do CRB e cita ansiedade por estreia: “Expectativa grande”

CX10 elogia estrutura do CRB e cita ansiedade por estreia: “Expectativa grande”

Por Alagoas Brasil Noticias

Maior contratação do CRB para a Série B do Campeonato Brasileiro, o meio-campista Cleiton Xavier concedeu entrevista nesta sexta-feira (18), no CT Ninho do Galo, na Barra de São Miguel, e comentou sobre as primeiras impressões no clube regatiano. CX10 ressaltou a boa recepção no elenco, elogiou a estrutura do Regatas e afirmou que está ansioso para estrear com a camisa alvirrubra. 


(Foto: Maxwell Oliveira / CRB)

“Tanto do torcedor como minha, a expectativa é muito grande, ansiedade de poder vestir logo a camisa e poder entrar em campo. Acredito que posso ajudar, sim. Dar o meu melhor junto com os companheiros, lógico que sozinho a gente não resolve nada. Quem sabe a  gente possa suprir essa lacuna que todos esperam”, comentou o meia. 

“Desde o momento que decidi, que o pessoal me procurou e decidi vir para cá, foi justamente por isso. Para mim é um desafio, novo desafio. Se eu não quisesse esse desafio tinha ficado no Vitória ou procurado outro clube. Preferi vir para cá, minhas origens. Acho que aqui vou ser muito feliz. Disso não tenho dúvida. Vou poder render o esperado. Que eu possa fazer um bom campeonato e a gente possa subir esse time, que é um time grande de Alagoas”.


(Foto: Pei Fon / Portal TNH1)

Como o regulamento da Copa do Nordeste não permite mais inscrições de jogadores, CX10 será preparado para estrear na Série B do Campeonato Brasileiro. A diretoria regatiana trabalha para regularizar o jogador e deixá-lo à disposição do técnico Júnior Rocha. 

Confira outros trechos da entrevista. 

Estrutura do Ninho do Galo

“Até na coletiva tinha falado sobre isso. Fiquei surpreendido positivamente porque é uma estrutura de time grande. Vemos poucos clubes no Brasil com uma estrutura dessa. Se tratando de Alagoas é muito bom ver que os times estão se estruturando e crescendo”. 

“Acho que assim tem bem mais chances de disputar a Série A de igual para igual com as equipes grandes do cenário nacional. Espero poder fazer parte dessa história do CRB”. 


(Foto: Maxwell Oliveira / CRB)

CRB em campo

“Já vinha vendo alguns jogos. Acompanho sempre o futebol alagoano, o Campeonato Alagoano, Série B. Sei de todos os campeonatos que os times alagoanos estão disputando. Não só os alagoanos, mas outros times. Sou apaixonado, fico praticamente o dia todo assistindo futebol. Tinha visto no início do campeonato, o CRB começou um pouco abaixo dos outros, começou mal, mas depois deu uma arrancada e conseguiu duas ou três vitórias”. 

“Acho que o time deu uma ajustada. Nesse último jogo acho que o resultado não condiz com o que foi o jogo. Um resultado atípico. Lógico que o Avaí, como time grande, veio aqui ganhar, não é demérito nenhum. Mas do jeito que foi realmente não condiz com o que foi o jogo”. 

“Vejo que o time está numa crescente. Não podemos levar em consideração esse jogo. É esquecer o que passou. Aproveitar esses dias que o professor está trabalhando bem a equipe. Acho que isso também é válido, esses dias sem competição, para que a gente possa ajustar alguns detalhes. Tenho certeza que vai dar resultado no final”. 

O início da Série B

“É muito cedo para a gente analisar alguma coisa e tirar conclusão. As equipes oscilam muito, principalmente no início, os times estão contratando. Outros com troca de treinadores. Times se ajustando. Acho que o campeonato vai começar a se definir mesmo no final do primeiro turno”. 


(Foto: Maxwell Oliveira / CRB)

“Como a Série B não para na Copa do Mundo, acho que na volta vai realmente definir os grupos da frente, do meio e de baixo. Temos que nos aproximar o mais rápido possível desse grupo de cima para se manter ali e na reta final poder estar entres os quatro, que é o nosso principal objetivo”. 

Volta para casa

“Isso pesou bastante na minha decisão. Principalmente o motivo de vir jogar pelo CRB. De disputar uma Série B com grandes chances de subir para uma Série A. Estar perto dos meus familiares, amigos, filhos. Acho que posso resgatar minha alegria de jogar futebol. Dar o meu melhor. Como falei, tentar fazer com que esse clube cresça cada vez mais”. 

Calendário brasileiro

“Muito complicado o calendário brasileiro. O próprio CRB vem de várias competições seguidas. Estadual, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, agora já encaixou o Campeonato Brasileiro. Não temos muito o que fazer, temos que respeitar o calendário. Não é a gente que faz”. 

“Tentar dar o máximo. Sabemos que tem lesão, suspensão, cartões. Temos que nos preparar bem, como o professor vem fazendo essa semana. O elenco é muito bom. Na hora que for preciso rodar, tem companheiros a altura para substituir quem vem jogando”. 

“A Série B é muito difícil, campeonato duro, mais difícil que a Série A, já joguei, sei como é a competição. Temos que nos dedicar ao máximo, pensar a cada jogo, sem se preocupar com o que vai acontecer no próximo”.  

Futebol brasileiro

“O futebol hoje está muito nivelado. Tanto Série A quanto Série B e Série C. Às vezes a gente vê alguma surpresa, time de Série A perdendo para time de Série B ou Série C. O detalhe é que faz a diferença, principalmente nessas horas”. 

“Um pouco de atenção, se preparar melhor, se concentrar melhor, se alimentar melhor em relação ao adversário, para quando chegar dentro de campo não ser surpreendido. Acho que esses detalhes fazem a diferença”. 

E a estreia?

“Por mim (risos)… A gente já conversou. Já podia ser amanhã. Tirar essa ansiedade de poder estrear, fazer o que eu mais gosto, que é jogar futebol. Mas sei que tem toda uma preparação, temos que respeitar. Também não posso jogar a Copa do Nordeste. Talvez seja até um fator interessante para eu poder me preparar melhor para a estreia”. 

“Esperar a regularização primeiro e também a opinião da comissão técnica. Avaliar meu estágio físico e técnico junto com os companheiros. Quando tiver que ser, vai ser. O mais importante é que eu me prepare bem e quando chegar a hora fazer o meu melhor”.


(Foto: Maxwell Oliveira / CRB).

Fonte: TNH1 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário