Home » Prefeitura de Maceió construirá ‘Jangada Independência’ em homenagem a alagoanos

Prefeitura de Maceió construirá ‘Jangada Independência’ em homenagem a alagoanos

Por Alagoas Brasil Noticias

A prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (SMDS), comunicou ao Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) que atenderá a orientação do órgão e construirá um monumento, em forma de jangada, a ser colocado na orla da capital, com placa explicativa para homenagear quatro nautas que saíram de Maceió para o Rio de Janeiro, em 1922, com o propósito de comemorar o centenário da Independência do Brasil. A previsão é que o monumento seja entregue em agosto deste ano.

Considerando a extrema importância de se manter viva a memória de um feito tão importante e pouco divulgado, o promotor Antônio Sodré, da 66ª Promotoria de Justiça, defensora dos patrimônios artísticos, estéticos, histórico, turístico e paisagístico de Maceió, decidiu cobrar dos gestores a construção do monumento ‘Jangada Independência’. Na época, um monumento foi erguido na Praia de Pajuçara, mas deteriorou-se com o tempo. “É necessário que, dentro do possível, possamos resgatar o que é nosso, de Maceió e de Alagoas”, disse o promotor de Justiça, Antônio Jorge.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável, Gustavo Torres, o monumento será instalado próximo à estátua de Graciliano Ramos, na Avenida Sílvio Viana, no bairro Ponta Verde.

Para garantir a preservação , segundo a prefeitura, o projeto arquitetônico terá como base a sustentabilidade, investindo em madeiras ecológicas e de reflorestamento com grande longevidade. 


“Os monumentos públicos são erguidos para preservar a memória de eventos significativos que passam a fazer parte da história e da cultura de um povo, tornando-se patrimônio da sociedade. O Ministério Público quer a valorização e a preservação do patrimônio cultural”, ressalta o promotor Sodré.

O fato histórico

Quatro pescadores alagoanos, Umbelino José dos Santos, de Passo do Camaragibe, Joaquim Faustilino de Sant’Ana, da Barra de São Miguel, Eugênio Antônio de Oliveira e Pedro Ganhado da Silva, ambos de Coruripe, à época, respectivamente, com 45, 41, 25 e 36 anos de idade, iniciaram na tarde de domingo de 27 de agosto de 1922 uma jornada para homenagear e comemorar o centenário da Independência do Brasil.

Obtiveram o auxílio de várias Colônias de Pescadores e por meio da jangada, que ganhou o nome ‘Independência’, construída apenas com seis paus e um pequeno mastro com vela, sem nenhum aparelho de navegação, saíram da enseada de Jaraguá, em Maceió, e começaram a navegar pelo litoral brasileiro, enfrentando todos os riscos, com destino a então capital da Republica.

O canal “Contando Alagoas” fez um vídeo contando a saga dos quatro alagoanos; confira

Fonte: Com Ascom MPE
 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário