trade development factoring operation como fazer day trade folha uol invest simulador day trader opera com 200 robos opções binárias avançado dias para operar nas opções binárias day trade parece com que operação investimento em opções binárias o que são dicas de investimento trade trading forex coourse dvd best selling forex trading books estrategia 60 segundos opções binárias bandas bollinger opçoes binarias melhores do brasil onde opera trader esportivo gereciamento investimentos day trader trading opções binárias pdf gratis livro 5 mitos operações day trade pdf operar day trade a noite
Home Mundo Maduro presta juramento como presidente reeleito e diz que não é culpado pela crise

Maduro presta juramento como presidente reeleito e diz que não é culpado pela crise

Por Alagoas Brasil Noticias

O presidente da VenezuelaNicolás Maduro, prestou juramento nesta quinta-feira (24) como chefe de estado reeleito perante a Assembleia Constituinte, apesar de seu segundo mandato de seis anos começar a valer de fato em 10 de janeiro de 2019.

Delcy Rodríguez, presidente da Assembleia Nacional Constituinte, perguntou a Maduro, que ficará no cargo até 2025, se ele jurava cumprir as leis da República, se será leal ao mandato do povo e se irá fortalecer o caráter anti-imperialista, antioligárquico e socialista da revolução bolivariana.

“Juro ante este poder Constituinte plenipotenciário, ante a Constituição (…) ante o povo da Venezuela cumprir e fazer cumprir a Constituição e levar adiante todos as mudanças revolucionárias”, disse Maduro, em sessão solene.

Também líder do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Maduro jurou “promover a união nacional”, a reconciliação do povo e ser leal ao legado de Símon Bolívar e de Hugo Chávez.

Não me culpem pela crise

O presidente da Venezuela se defendeu sobre a crise econômica que atinge o país e afirmou que responsabilizá-lo é uma “simplificação estúpida”, mas prometeu aumentar a produção de petróleo e abrir diálogo com líderes empresariais.

Ele rejeitou as críticas a sua legitimidade, e disse que elas são um plano dos Estados Unidos para sabotá-lo.

“É uma simplificação estúpida pensar que este problema é devido a Nicolás Maduro. É um problema de todo o país”, disse Maduro.

Maduro, ex-motorista de ônibus e líder sindical, também alertou que ele sozinho não seria capaz de reverter a economia.

“Só as pessoas podem salvar as pessoas … Quem vai nos salvar? Superman? Ou Super-Nico?”, perguntou ele, usando um apelido de seu primeiro nome. “Nenhum deles existe, mas nós temos Super-Pessoas.”

O presidente reeleito prometeu aumentar a produção de petróleo da Venezuela, atualmente na mínima em mais de 30 anos, em 1 milhão de barris por dia neste ano, mas não deu detalhes.

 

Ele disse que instruiu o major-general Manuel Quevedo, ministro do Petróleo e presidente da petrolífera estatal PDVSA, a procurar a Opep, a China e a Rússia, e também as nações árabes, se precisar de ajuda.

Maduro recebeu 58% dos votos na eleição deste domingo, que foi marcada por denúncias de fraude, tentativa de boicote da oposição, abstenção de 54% e falta de reconhecimento por grande parte da comunidade internacional.

A Mesa da Unidade Democrática (MUD), principal coalizão de oposição ao chavismo, não participou das últimas eleições por considerar que as condições de disputa não eram justas e transparentes. Eles consideram o pleito como uma fraude, mesma opinião de países como Estados Unidos e Brasil.

Fonte: G1 MUNDO

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário