Home Mundo Tribunal manda prender suspeito de planejar morte de jornalista russo que reapareceu

Tribunal manda prender suspeito de planejar morte de jornalista russo que reapareceu

Por Alagoas Brasil Noticias

Um tribunal de Kiev concedeu um pedido dos promotores nesta quinta-feira (31) para deter por dois meses um suspeito que as autoridades ucranianas dizem ter participado de uma conspiração para assassinar o dissidente russo Arkady Babchenko.

Borys Herman, o co-proprietário de um fabricante de armas, compareceu ao tribunal negando que houvesse alguma intenção de matar Babchenko, e afirmando que ele havia agido pelos interesses da Ucrânia.

Herman afirmou que foi contatado por alguém próximo ao Kremlin sobre planos de matar Babchenko, mas disse que entregou essas informações às autoridades ucranianas e ajudou na operação de contra-inteligência.

foto

Babchenko durante a cobertura dos conflitos na Ucrânia em 2014; jornalista era conhecido crítico do Kremlin (Foto: Vasily Maximov/AFP)

Babchenko colaborou com os serviços de segurança ucranianos para fingir seu próprio assassinato na terça-feira, antes de reaparecer em uma coletiva de imprensa sobre seu próprio assassinato no dia seguinte.

Os promotores disseram ter provas de que Herman havia entregue US$ 15 mil para pagar alguém para matar Babchenko.

As autoridades ucranianas acusam a Rússia de tentar desestabilizar a Ucrânia por meio de uma série de assassinatos. O Kremlin classificou as acusações de envolvimento russo como “o auge do cinismo”.

Um dos advogados de Herman disse que ele apelaria da decisão de detê-lo.

Fonte: Reuters e G1

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário