opções binárias é facil rapido e lucrativo forex trading in dubai drive opçoes binarias telegram melhor curso opções binarias trasfomando 1 em 1000000 opçoes binarias probabilisticas opçoes binarias robo de operação olymp trade trocar de corretora de opções binárias trade off investimento maior trader de opções binárias curso presencial de opções binárias como dobrar banca opçoes binarias trading forex 2500 pixeous operando olymp trade tenho que pagar imposto de renda ebook forex trading estratégia 100 sucesso garantido pdf gratis operar sabados e domingo trader trader operando no grafico de linhas
Home Geral Manaus fica sem ônibus no quinto dia de greve dos rodoviários

Manaus fica sem ônibus no quinto dia de greve dos rodoviários

Por Alagoas Brasil Noticias

A cidade de Manaus amanheceu sem ônibus neste sábado (2), quinto dia de greve dos rodoviários. Os veículos só começaram a circular por volta das 10h30.

Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), 70% da frota está nas ruas, mesma quantidade que costuma circular nos finais de semana.

Os representantes das empresas e dos trabalhadores se reuniram por mais de 5 horas ontem (1º), mas não chegaram a um acordo. Houve avanços nas negociações das cláusulas econômicas. Os trabalhadores queriam um reajuste salarial de 6,5% e as empresas ofereceram 5,5%.

Segundo o advogado do Sinetram, Fernando Borges, dois pontos dificultam um acordo. “Eles estão exigindo que sejam anistiadas as multas e também exigem que não seja aplicada a reforma trabalhista.

Eles têm que aceitar que houve mudança na legislação e que as empresas podem usar alguns dispositivos novos também”, explicou o representante das empresas.

De acordo com o advogado, a multa imposta aos sindicatos já chega a quase R$ 30 milhões referente a 80 horas de paralisação.

O Tribunal Regional do Trabalho impôs uma multa de R$ 300 mil por hora de greve. Os sindicatos querem a revogação da multa para voltar ao trabalho. A categoria promete manter as paralisações e mobilizações nos próximos dias.

“Não houve acordo ainda. Houve liberação da frota sem acordo. Não sabemos o que vai acontecer. A categoria não se pronunciou oficialmente. Vamos aguardar o pronunciamento das lideranças sindicais e só vamos negociar com o fim do movimento”, afirmou o advogado Fernando Borges.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, esteve no Centro Integrado de Comando e Controle do estado e comemorou o fato de os ônibus estarem nas ruas neste sábado.

“A notícia boa é que as frotas começaram a rodar agora. Nós esperamos que essa paz seja duradoura e que venha um acordo. Só não aceito aumento de tarifas. Esse é um compromisso meu”, ressaltou o prefeito da cidade.

Nove concessionárias operam o transporte coletivo em Manaus e transportam, em média, 750 mil passageiros.

A reportagem tentou entrar em contato com os representantes dos trabalhadores, mas não obteve retorno.

Fonte: Agencia Brasil

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário