opções binárias três toques robôs de negociação opções binárias opções binárias da lucro estrategia king opçoes binarias tamanhanho stop trade operando noticias como alavancar a banca em opções binárias rápido forex trading training in johannesburg como investir na bovespa trader opçoes de investimento binarios trader brasil investimentos rj rio de janeiro initial investment trader of 50 000 5 surprising things you should know about forex trading maior trader de opções binárias do mundo forex trading malaysia olymp trade opçoes binarias ciclos opções binárias curso de opções binárias ronal cutrim
Home Mundo Planos de enriquecimento de urânio do Irã se aproximam de ‘linha vermelha’, diz ministro francês

Planos de enriquecimento de urânio do Irã se aproximam de ‘linha vermelha’, diz ministro francês

Por Alagoas Brasil Noticias

A declaração do Irã de que pode aumentar sua capacidade de enriquecimento de urânio se um acordo nuclear com potências mundiais fracassar se aproxima de uma “linha vermelha”, disse o ministro de Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, nesta quarta-feira (6).

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse na última segunda-feira que havia ordenado preparações para aumentar o enriquecimento de urânio no país se o acordo nuclear fracassar depois da retirada dos Estados Unidos no mês passado.

Khamenei também informou à agência nuclear da ONU de planos “preliminares” para produzir a matéria-prima para centrífugas utilizadas para enriquecer o urânio.

O Irã assinou em 2015 com seis potências ocidentais (EUA, Reino Unido, França, China, Rússia e Alemanha) um acordo em que se comprometia a limitar suas atividades nucleares em troca do alívio em sanções internacionais.

As tensões entre o Irã e o Ocidente têm crescido desde que Trump retirou os EUA do acordo no mês passado, chamando o tratado de profundamente falho e impondo novamente sanções unilaterais contra Teerã.

Quando Trump anunciou a saída dos EUA, os outros países disseram que permanecem comprometidos. O presidente iraniano, Hasan Rouhani, anunciou que o Irã continuaria no acordo nuclear se seus interesses fossem garantidos, e que mais tarde tomaria decisões caso isso não aconteça.

Isenção às sanções

Nesta terça, França, Alemanha e Reino Unido pediram aos Estados Unidos que isente suas empresas presentes no Irã das sanções americanas.

“Enquanto aliados, esperamos que os EUA se abstenham de tomar medidas que prejudicariam os interesses de defesa europeus”, escreveram os ministros das Finanças e das Relações Exteriores dos três países ao secretário americano de Estado, Mike Pompeo, e ao secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

Fonte G1 MUNDO

PUBLICIDADE

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário