Home » 19 de junho de 2018 08:03 DPVAT: Alagoas é o último do Nordeste em indenizações

19 de junho de 2018 08:03 DPVAT: Alagoas é o último do Nordeste em indenizações

Por Alagoas Brasil Noticias

Dados disponibilizados pela Seguradora Líder, responsável pelo Seguro DPVAT, apontam que Alagoas é o Estado do Nordeste com o menor número de indenizações entre janeiro e maio deste ano. O número chega a 1.613 sinistros incluindo morte, invalidez e despesas médicas.

As indenizações por morte totalizaram 285, invalidez permanente 1.142 e gastos médicos representaram 186 sinistros no período. Mesmo assim, o número deste ano é 15% menor que o registrado no ano passado, quando 1.919 situações do tipo foram contabilizadas.

No ranking de sinistros pagos Sergipe (1.779) é o penúltimo, seguido pelo Rio Grande do Norte (3.076), Paraíba (3.103), Piauí (4.108), Maranhão (5.599), Bahia (7.197), Pernambuco (7.393) e o campeão de indenizações é o estado do Ceará (10.938).

Com uma frota de veículos que chega a 779.221, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Alagoas tem uma frota de motocicletas que chega a 40% ou 316.497 do total, os dados consideram informações até abril deste ano.

No entanto, segundo a Seguradora Líder os acidentes envolvendo motocicletas representam a maior fatia das indenizações. Em todo o Nordeste, 36% das mortes e invalidez permanente registradas foram por este tipo de acidente.

“Os motociclistas foram as maiores vítimas nas indenizações pagas por Morte e Invalidez Permanente por acidentes nesse tipo de veículo nos primeiros cinco meses de 2018 (69%). A região Nordeste concentrou 36% das indenizações por Morte e Invalidez Permanente por acidentes com motocicletas no período analisado. As motocicletas representam 44% da frota de veículos da região Nordeste, enquanto que no Brasil representam 27%”, diz a entidade.

PUBLICIDADE

Em todo o país, a redução chegou a 6% em relação aos cinco primeiros meses do ano passado. As indenizações por invalidez permanente somam 71% das ocorrências pagas, mas tiveram redução de um ano para o outro, ou 12% menos. Já os casos onde foram constatadas mortes e despesas médicas, houve acréscimo de 7% e 14%, respectivamente, em relação a 2017, de acordo com o boletim.

Segundo informações da Seguradora Líder, os pagamentos efetuados este ano correspondem as ocorrências tanto em 2018 como em anos anteriores. O prazo para solicitação, chamado de período prescricional é de três anos para solicitar o benefício do Seguro DPVAT.

Fonte: Tribuna Independente / Evellyn Pimentel

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário