como operar swing trader no home broker opções binárias simples e rápidas forex trading order types home broker xp investimentos day trade grafico meta trader opçoes binarias opções binária onde abrir uma conta qual é a quantidade mínima que a trader deve investir brazil australia trade investment estrategia opçoes binarias grafico de sgundos operando olymp trade ao vivo operando stop gain na rico trader invictus opções binarias como operar em lay no trade esportivo abrir conta gratuita opções binárias bússola do investidor 5 mitod das operação day trader forex online trading australia investimento aposentadoria day trade
Home Alagoas 19 de junho de 2018 08:03 DPVAT: Alagoas é o último do Nordeste em indenizações

19 de junho de 2018 08:03 DPVAT: Alagoas é o último do Nordeste em indenizações

Por Alagoas Brasil Noticias

Dados disponibilizados pela Seguradora Líder, responsável pelo Seguro DPVAT, apontam que Alagoas é o Estado do Nordeste com o menor número de indenizações entre janeiro e maio deste ano. O número chega a 1.613 sinistros incluindo morte, invalidez e despesas médicas.

As indenizações por morte totalizaram 285, invalidez permanente 1.142 e gastos médicos representaram 186 sinistros no período. Mesmo assim, o número deste ano é 15% menor que o registrado no ano passado, quando 1.919 situações do tipo foram contabilizadas.

No ranking de sinistros pagos Sergipe (1.779) é o penúltimo, seguido pelo Rio Grande do Norte (3.076), Paraíba (3.103), Piauí (4.108), Maranhão (5.599), Bahia (7.197), Pernambuco (7.393) e o campeão de indenizações é o estado do Ceará (10.938).

Com uma frota de veículos que chega a 779.221, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Alagoas tem uma frota de motocicletas que chega a 40% ou 316.497 do total, os dados consideram informações até abril deste ano.

No entanto, segundo a Seguradora Líder os acidentes envolvendo motocicletas representam a maior fatia das indenizações. Em todo o Nordeste, 36% das mortes e invalidez permanente registradas foram por este tipo de acidente.

“Os motociclistas foram as maiores vítimas nas indenizações pagas por Morte e Invalidez Permanente por acidentes nesse tipo de veículo nos primeiros cinco meses de 2018 (69%). A região Nordeste concentrou 36% das indenizações por Morte e Invalidez Permanente por acidentes com motocicletas no período analisado. As motocicletas representam 44% da frota de veículos da região Nordeste, enquanto que no Brasil representam 27%”, diz a entidade.

PUBLICIDADE

Em todo o país, a redução chegou a 6% em relação aos cinco primeiros meses do ano passado. As indenizações por invalidez permanente somam 71% das ocorrências pagas, mas tiveram redução de um ano para o outro, ou 12% menos. Já os casos onde foram constatadas mortes e despesas médicas, houve acréscimo de 7% e 14%, respectivamente, em relação a 2017, de acordo com o boletim.

Segundo informações da Seguradora Líder, os pagamentos efetuados este ano correspondem as ocorrências tanto em 2018 como em anos anteriores. O prazo para solicitação, chamado de período prescricional é de três anos para solicitar o benefício do Seguro DPVAT.

Fonte: Tribuna Independente / Evellyn Pimentel

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário