Home » Em falta de ‘cinema’, Celsinho garante empate para o CSA, diante da Ponte Preta

Em falta de ‘cinema’, Celsinho garante empate para o CSA, diante da Ponte Preta

Por Alagoas Brasil Noticias

De falta, Celsinho marcou o gol que garantiu o empate do CSA com a Ponte Preta, em Campinas

A insistência de Celsinho, jogador que deu o maior número de assistências na partida, foi premiada ao final do jogo, quando aos 46 minutos do 2º tempo, o camisa 22 do time azulino cobrou uma falta com maestria e garantiu o empate do CSA com a Ponte Preta, por 1×1, nesta terça-feira (19), no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 12ª rodada da Série B.

A Ponte Preta havia aberto o marcador ainda no primeiro tempo após um lance de Tiago Real, o rebote de Mota e finalização de Júnior Santos. Mas o CSA chegou a estar perto de uma melhor sorte no jogo. Pois aos onze minutos da segunda etapa, o time azulino teve uma penalidade desperdiçada por Niltinho.

Mesmo completando o quinto jogo na Série B sem vitória, o CSA pontuou novamente fora de casa, somando em quatro dos cinco jogos que realizou fora de Maceió. O Azulão chegou aos 21 pontos e irá se manter no G4 ao final da rodada. O time marujo chegou ao terceiro lugar mas poderá perder uma posição e ficar na quarta colocação, dependendo do resultado da partida entre Coritiba e Figueirense, no próximo sábado.

Na próxima rodada, o CSA receberá o Coritiba, somente no dia 29, às 18h, no Estádio Rei Pelé. Já a Ponte Preta jogará no sábado (30) ás 18h, contra o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli.

O Jogo

Como era esperado, a Ponte Preta buscou propor o jogo desde o início. Aos 3 minutos foi a primeira vez que a Macaca chegou. André Luis criou a situação pelo lado e tocou para Thiago Real bater para o gol e a bola desviar na defesa azulina.

No minuto seguinte, Walter perdeu uma bola na frente da área azulina, Paulinho roubou a bola e acertou um lindo chute a bola explodiu no travessão. O jogo esfriou mas o CSA conseguiu equilibrar um pouco mais a posse de bola.

Junior Santos comemora gol marcado, ainda no primeiro tempo

No entanto aos 34 minutos, Paulinho descobriu Tiago Real dentro da área, ele dominou e finalizou a queima-roupa, Mota fez a defesa parcial, mas deu o rebote para frente e ai, Junior Santos pegou o rebote e finalizou de primeira para abrir o marcador: Ponte Preta 1 a 0.

Empate no final

O CSA iniciou o segundo tempo de maneira mais agressiva. Logo aos três minutos, Niltinho conseguiu finalizar em direção ao gol, mas Ivan fez a defesa. A resposta da Macaca foi aos 7 minutos. Júnior Santos recebeu de Tiago Real, virou em cima de Erivelton e chutou rasteiro para uma defesa do goleiro Mota.

Niltinho tenta dominar a bola, mas acaba derrubado pelo goleiro Ivan

Aos 9 minutos, o CSA conseguiu recuperar uma bola no sistema defensivo e ainda no centro do campo, Walter dominou e lançou em profundidade para a velocidade de Niltinho, que chegou para dominar a bola, mas foi derrubado pelo goleiro Ivan. Pênalti.

Após perder o pênalti, o CSA criou uma nova situação para finalizar. Ferrugem conseguiu arrancar pelo corredor central e saiu na entrada da área para arriscar para o gol.

CSA encontrou muita dificuldade para ‘vencer’ a marcação da Macaca

Logo depois, a Macaca ainda teve um jogador expulso e o CSA ficou com superioridade numérica, mas pouco construiu situações ofensivas para incomodar o time de Campinas.

Aos 39 minutos, Taiberson pegou um rebote, chutou para o gol, a bola desviou e Ivan fez a defesa parcial, no rebote, Hugo Cabral chutou na rede pelo lado de fora, mas já estava em posição irregular.

Já aos 45 minutos, Hugo Cabral fez jogada individual e conseguiu uma falta muito perigosa. Celsinho bateu com precisão, por cima da barreira, sem condições de defesa para Ivan conseguindo o empate para o CSA: 1 a 1.

https://youtu.be/6cKpZ6_wAWQ

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário