opções binárias ganhei muito jtm opções binarias previsao do mercado opçoes binarias trader opçoes binarias urso vs touros opções binárias para quando está em tendencia opera day trade na clear formulario para solicitar irr em operações em day trader cursos de opcoes binarias curso para operar no mercado forex estratégia volcano trader o que é uma corretora de opções binárias? app de investimento de opções binarias o que forex trading cursos de investimento e trade estratégia ultra opçoes binarias olymp trade qual melhor horario para operar investimentos x trader mini indice bovespa day trade cuidados ao operar
Home Mundo Papa critica administração Trump por política de separação de famílias

Papa critica administração Trump por política de separação de famílias

Por Alagoas Brasil Noticias

Em uma entrevista à agência de notícias Reuters, o Papa Francisco criticou a administração de Donald Trump pela política de separação de famílias de imigrantes ilegais na fronteira dos Estados Unidoscom o México, dizendo que o populismo não é a resposta para os problemas de imigração do mundo.

O Papa disse que apoia a recente declaração dos bispos católicos dos EUA, que condenaram a política e a chamaram de “contrária aos valores católicos” e “imoral”.

“Estou do lado da conferência dos bispos”, disse o Papa na entrevista realizada no último domingo e divulgada nesta quarta-feira (20). “Que fique claro que nessas coisas eu respeito [a posição da] conferência dos bispos”.

O pontífice também criticou o populismo para lidar com a questão da imigração. “Não é fácil, mas o populismo não é a solução”, afirmou. Francisco disse que os populistas estavam “criando psicose” na questão da imigração.

Nesta quarta, em que é comemorado Dia Mundial do Refugiado, o Papa postou em sua conta no Twitter algumas mensagens sobre imigração.

“A dignidade de uma pessoa não depende em ela ser um cidadão, um migrante ou um refugiado. Salvar a vida de alguém fugindo de guerra e pobreza é um ato de humanidade”, postou.

Política de separação

A nova política do governo Trump estabelece que todo adulto que for pego atravessando a fronteira ilegalmente deve ser criminalmente processado. Se for capturado, o indivíduo é levado a um centro federal de detenção de imigrantes até que se apresente a uma juiz de imigração.

A política não fala em “separação”, porém isso acaba sendo inevitável na prática, já que as crianças não podem ser mantidas nesses centros. Ao serem separadas de seus pais, as crianças são designadas pelo governo como “crianças imigrantes desacompanhadas” e, por isso, são levadas para abrigos sob custódia do governo, sem saber para onde seus pais foram.

Antes da nova política, as famílias que chegavam na fronteira sem autorização e que alegavam medo de voltar para a casa eram autorizados a entrar em território americano e pedir refúgio.

De acordo com o governo, em um recente período de seis semanas, quase 2.000 menores de idade foram separados de seus pais ou tutores.

O presidente americano sofre pressão de democratas e republicanos para que encerre a prática.

Fonte: G1 Mundo

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário