como envestir em opções binarias origem opções binárias antigo é possível operar day trade até às 15h quanto tempo dura uma operação no day trade forex trading 101 youtube usando meta trader para operar tributação das opçoes binarias planilha para opções binarias gratis trade off investimento opçoes binarias quanto a iq leva curso priceaction opçoes binarias termos opções binárias como operar a plataforma clear swing trade corretoras opçoes binarias como operar swig trade na xp origem opções binárias antigo como preencher darf ganho de capital opçoes binarias
Home NotíciasPolitica Alexandre de Moraes diz que decide hoje sobre reclamação de Lula

Alexandre de Moraes diz que decide hoje sobre reclamação de Lula

Por Alagoas Brasil Noticias

Oministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que decidirá ainda nesta setxa-feira (29) sobre reclamação de Luiz Inácio Lula da Silva contra decisão do ministro Edson Fachin, que enviou um pedido de liberdade do ex-presidente para ser julgado pelo plenário, e não pela Segunda Turma, como queriam os advogados. Ele foi sorteado nesta sexta-feira como relator. 

A defesa do ex-presidente queria um relator da Segunda Turma, mas o sorteio foi realizado entre todos os ministros do STF, exceto a presidente, ministra Cármen Lúcia, e o próprio Fachin, alvo da reclamação.

+ Barroso autoriza PF a continuar investigação contra Temer

Na reclamação, a defesa pede uma liminar (decisão provisória) para que Lula seja solto ao menos até que o mérito do pedido de liberdade seja julgado na Segunda Turma, o que só poderá ocorrer no segundo semestre, pois os ministros do STF entram nesta sexta-feira em férias coletivas até agosto.

 

Os advogados de Lula argumentam que Fachin agiu de forma “arbitrária”, sem amparo na Constituição ou no regimento interno do STF, ao remeter o caso ao plenário, numa manobra para evitar que o ex-presidente fosse solto pela Segunda Turma.

A próxima sessão da Segunda Turma do STF está marcada para 7 de agosto, e a do plenário, para 8 de agosto, poucos dias antes do prazo final para o registro de candidaturas às eleições deste ano, 15 de agosto.

No pedido de liberdade que a defesa pretende ver julgado na Turma, e não no plenário, os advogados de Lula pedem o chamado efeito suspensivo sobre a execução de pena, para que ele tenha garantido o direito de recorrer em liberdade, às instâncias superiores, contra a condenação a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Além da reclamação e do efeito suspensivo, a defesa apresentou ainda um terceiro pedido de liberdade nesta sexta, na forma de embargos de declaração contra a decisão de abril em que o plenário do STF negou, por 6 votos a 5, um habeas corpus a Lula.  

O ex-presidente está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Lula foi preso após ter sua condenação confirmada pela segunda instância da Justiça Federal, conforme autorizado pelo STF. Com informações da Agência Brasil. 

Fonte: Por Noticias Ao Minuto

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário