opções binárias como entrar forex trading strategies ppt estudo de opções binarias programa para prever tendências em opções binárias curso para operar em opções binárias gratis alpha forex trading ahmedabad o que e preciso investir para opcao binaria futhure opções binarias pares de moedas opções binárias trader investimentos bitcoin forex trading esportivo operar no swing trade tem que realuzar no dia qual o valor maximo da operação na olymp trade alex morais opções binarias curso completo de opções binárias planilha controle opções binárias iq option gratis curso operação day trade
Home Mundo Portugal quer legalizar 30 mil imigrantes ilegais

Portugal quer legalizar 30 mil imigrantes ilegais

Por Alagoas Brasil Noticias

O governo de Portugal anunciou nesta terça-feira (3) que pretende regularizar a situação de cerca de 30 mil imigrantes ilegais, com o objetivo de conceder residência para os que entraram sem visto no país e não conseguem cumprir os pré-requisitos para a legalização.

A decisão aprovada em decreto será válida para os que já trabalham no país há ao menos um ano. Há milhares de imigrantes ilegais que entraram em solo português sem os vistos necessários e que, apesar de trabalharem, estarem integrados e até pagarem impostos, não conseguem legalizar sua situação. Entre estes, há um grande número de brasileiros, chineses, nepaleses e indonésios.

Pelas leis atuais, os imigrantes devem apresentar às autoridades, além de um contrato de trabalho e contribuições para a Segurança Social, provas de que entraram no país com os vistos apropriados.

Com apenas 10,3 milhões de habitantes e uma população que diminui a cada ano, Portugal pode ter nos imigrantes a solução para a questão demográfica. A necessidade de combate a esse problema é consenso entre os políticos portugueses, mas há divergências quanto à forma como isso deve ocorrer.

Os membros do Partido Socialista (PS), entre estes o primeiro-ministro Antônio Costa, defendem que o país deve atrair imigrantes qualificados e em idade economicamente ativa, facilitando a concessão de vistos. Juntamente com partidos como o Bloco de Esquerda (BE), o PS afirma que o país necessita de 75 mil imigrantes para enfrentar o dilema demográfico.

 

Já o Partido Social-Democrata (PSD) acredita que a solução seria criar políticas de estímulo à natalidade entre os próprios portugueses, como incentivos de 10 mil euros por filho, pagos em parcelas até os 18 anos de idade, além de creches gratuitas a partis dos seis meses.

Uma previsão do Instituto Nacional de Estatística de Portugal (INE) aponta que entre 2015 e 2080, a população do país diminuirá dos atuais 10,3 milhões para 7,5 milhões.

Fonte: G1 Mundo

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário