vale a pena investir 1100 00 no trader como declarar imposto de renda sobre investimentos a2 trader melhores operadoras opçoes binarias trading breakouts forex robos de investimentos trade trader club investimento como operar next page trade como investir em trades qual corretora de opções binárias utiliza o número 34 corretoras de opcoes binarias que dao bonus crypto vs forex trading analisador de opções binarias opções binárias comece com 10 soft chart para operação day trade site de opções binarias brasileiro como as pessoas aprender a operara opções binárias fca opçoes binarias
Home NotíciasEsportes CSA vence o Brasil-RS em Pelotas e reassume a vice-liderança da Série B

CSA vence o Brasil-RS em Pelotas e reassume a vice-liderança da Série B

Por Alagoas Brasil Noticias

Na fria cidade de Pelotas, o CSA venceu o Brasil-RS por 2 a 0 na noite desta quinta-feira (5), no Estádio Bento de Freitas, no Rio Grande do Sul, e voltou para a vice-liderança da Segundona. O jogo valeu pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Daniel Costa e Rafinha marcaram os gols no primeiro tempo. O Portal TNH1, a TV Pajuçara e Rádio Pajuçara FM Maceió – 103,7 acompanharam a partida. 

Próxima rodada

O Xavante segue jogando em casa e recebe o Juventude na sexta-feira (13), às 18h, no Bentão. O CSA retorna a Maceió e encara o Sampaio Corrêa também na sexta (13), às 21h30, no Estádio Rei Pelé. 

Azulão na frente

A baixa temperatura no Sul do País não intimidou o time alagoano. Depois de suportar ligeira pressão nos primeiros 10 minutos, o CSA se organizou em campo e iniciou as ações. Destaque da noite, Didira completou 100 jogos oficiais com a camisa azulina e quase abriu o placar aos 17′. O meia limpou a marcação, chutou colocado e não marcou por pouco. No lance seguinte, Rafinha cruzou, Michel cabeceou e Pitol encaixou. 
(Foto: Jonathan Silva / GEB)

O Xavante revidou e começou a testar Frigeri, estreante do dia. Aos 22′, Éder Sciola levantou na área, a bola ganhou velocidade e o goleiro precisou se esticar para dar um tapa na bola e evitar o gol. Aos 29′, Sousa soltou o pé de longe e assustou o camisa 1 marujo. Mais eficiente, o Azulão balançou as redes aos 32′. Rafinha cruzou, Daniel Costa emendou de canhota e acertou o ângulo. Golaço. O Brasil contra-atacou com finalização para fora, mas quem marcou de novo foi o CSA. Calyson errou na hora de dominar, Rafinha roubou a bola, finalizou por baixo, venceu Pitol e anotou o segundo dos visitantes. 


(Foto: Jonathan Silva / GEB)

Vitória e vice-liderança

A etapa final começou com um susto na defesa alagoana. Frigeri saiu mal do gol e o Xavante não aproveitou o vacilo. Aos 12′, o goleiro se redimiu. Sciola cruzou na medida, Luiz Eduardo testou e o goleiro caiu no canto para espalmar. O CSA respondeu em chute de Rafinha, mas a bola foi para fora. Aos 17′, Pereira bateu falta direto e Frigeri afastou. Perigoso, o Azulão chegou com Didira, que cabeceou na pequena área para defesa providencial de Pitol. O meia pegou o rebote e marcou o terceiro, mas o bandeira Elicarlos Franco assinalou impedimento. 


(Foto: Jonathan Silva / GEB)

Com o resultado favorável, Marcelo Cabo recuou o time. Del Pozzo mexeu no Xavante e mandou a equipe para cima. Aos 30′, Michel escorou de cabeça e acertou o travessão. Cabo colocou Yuri, Roger e Dawhan em campo e fechou a porta para o adversário. O CSA esperou o tempo passar, voltou a vencer e reassumiu a vice-liderança da Série B. 

Ficha técnica

Brasil-RS

1- Marcelo Pitol
2- Éder Sciola
3- Leandro Camilo
4- Willian Machado
6- Bruno Collaço
5- Leandro Leite
8- Sousa (21- Kaio, aos 30′ do 2º tempo)
7- Calyson (18- Michel, aos 13′ do 2º tempo)
10- Pereira (22- Toty, aos 23′ do 2º tempo)
11- Mossoró
9- Luiz Eduardo

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Banco: 12- Carlos Eduardo, 13- Gustavo Bastos, 14- Rafael Vitor, 15- Tiago Cametá, 16- Zé Augusto, 17- Itaqui, 18- Michel, 19- Lourency, 20- Maicon Assis, 21- Kaio, 22- Toty e 23- Wellington Júnior. 

CSA

1- Lucas Frigeri
22- Celsinho
3- Leandro Souza
4- Xandão
6- Rafinha
5- Edinho
8- Ferrugem (15- Yuri, aos 30′ do 2º tempo)
7- Niltinho
10- Daniel Costa (13- Roger, aos 33′ do 2º tempo)
19- Didira
9- Michel (14- Dawhan, aos 40′ do 2º tempo)

Técnico: Marcelo Cabo

Banco: 31- Mota, 13- Roger, 14- Dawhan, 15- Yuri, 16- Juan, 17- Echeverría, 18- Walter, 20- Taiberson e 11- Hugo Cabral. 

Gols

CSA: Daniel Costa (32′ do 1º tempo) e Rafinha (40′ do 1º tempo). 

Cartão amarelo

Brasil-RS: Sousa, Willian Machado. 

Arbitragem

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (CBF/BA);

Auxiliar 1: Elicarlos Franco de Oliveira (CBF/BA);  

Auxiliar 2: Jucimar dos Santos Dias (CBF/BA);  

4º árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (CBF/RS). 

Tabela fornecida pelo site Sr. Goool. 

C Participantes PG J V E D GP GC SG %A
 Fortaleza-CE 29 13 9 2 2 22 8 14 74,4
 CSA-AL 25 14 7 4 3 22 15 7 59,5
 Vila Nova-GO 23 14 6 5 3 13 9 4 54,8
 Coritiba-PR 23 14 6 5 3 17 14 3 54,8
 Avaí-SC 22 14 6 4 4 22 13 9 52,4
 Atlético Goianiense-GO 22 14 6 4 4 25 23 2 52,4
 Figueirense-SC 21 13 6 3 4 19 15 4 53,8
 Guarani-SP 20 14 5 5 4 19 16 3 47,6
 Ponte Preta-SP 18 13 5 3 5 13 13 0 46,2
10º
 Goiás-GO 18 14 5 3 6 18 21 -3 42,9
11º
 Oeste-SP 18 14 4 6 4 15 17 -2 42,9
12º
 Paysandu-PA 17 14 4 5 5 13 17 -4 40,5
13º
 Londrina-PR 17 14 4 5 5 12 16 -4 40,5
14º
 São Bento-SP 17 14 3 8 3 14 14 0 40,5
15º
 Juventude-RS 16 13 3 7 3 14 15 -1 41
16º
 Sampaio Corrêa-MA 15 13 4 3 6 15 17 -2 38,5
17º
 CRB-AL 15 14 4 3 7 13 20 -7 35,7
18º
 Brasil-RS 13 14 3 4 7 12 17 -5 31
19º
 Criciúma-SC 12 13 3 3 7 13 17 -4 30,8
20º
 Boa Esporte-MG 7 14 1 4 9 8 22 -14 16,7

Fonte: TNH1

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário