Home » Ministério Público declara que eleição no Corinthians não foi “íntegra, segura e confiável”‘

Ministério Público declara que eleição no Corinthians não foi “íntegra, segura e confiável”‘

Por Alagoas Brasil Noticias

Crédito: Rodrigo coca/Agência Corinthians

A eleição que colocou Andrés Sanchez na presidência do Corinthians mais uma vez terminou em confusão no Parque São Jorge e foi parar na justiça. Cinco meses após a realização do pleito, o Ministério Publico manifestou nesta sexta-feira, em declaração publicada pelo Globoesporte.com, que o processo não foi “íntegro, seguro e confiável”.

PUBLICIDADE

 

O candidato da oposição, Paulo Garcia, entrou com uma ação ainda em fevereiro, poucos dias após o encerramento da eleição. Nela, alegou ter havido fraude por parte da Telemeeting Brasil, que teve os computadores apreendidos. A empresa negou qualquer tipo de problema no pleito.

Fonte: Torcedores

 

PUBLICIDADE

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário