day trade como operar opções binárias quantos começar forex proprietary trading day trade 1 ponto por operação scalp em opções binárias forex na olimp trade operação fechada por tempo limite online trade online investment and cryptocurrency trading system quanto da pra ganhar por mes com opçoes binarias configurar bandas de bollinger para opções binárias como operar no trader 4 investir com trader como operar na olymp trade em velas de um minuto fazer operações no mercado trade online operar swing trade é mais acertivo trading forex grande opções binárias dukas ranking opcoes binarias
Home NotíciasPolicia Alerta: golpe da “troca de cartões” continua fazendo vítimas em Alagoas

Alerta: golpe da “troca de cartões” continua fazendo vítimas em Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

Um golpe antigo, mas que continua fazendo vítimas em Alagoas, o da troca do cartão de crédito, parece ter sido aplicado mais uma vez, contra uma idosa moradora da parte alta de Maceió.

Em um relato feito por áudio, recebido neste fim de semana pelo TNH1, a mulher conta que um homem ligou para ela e se passou por agente da operadora de cartões de crédito, ligada a uma rede de supermercados. Ele afirmou que o cartão da cliente estaria desatualizado e propôs ajudá-la a substituir por um cartão novo.

Segundo o relato da vítima, o homem que ligou se apresentou como Fernando, da central de relacionamento da operadora de cartões. Ele disse que trabalhava em uma unidade do hipermercado na Gruta de Lourdes, em Maceió, e que o cartão dela estaria sendo descontinuado e que ela precisaria substituir por um mais novo.

“Ele disse que os cartões não serão mais os vermelhos e, sim, cinzas e que a entrega mudou, já que os cartões não serão mais enviados pelos Correios. É aí que ele afirma que uma equipe da operadora com três meninas, Ana, Patrícia e Cristina, estava no meu bairro para me ajudar. Ainda com ele na linha, a campainha tocou e a menina, vestindo uma camiseta do Walmart e usando um crachá da empresa, se identificou como sendo Patrícia, da operadora do cartão”, explicou.

E continua: “Quando mostrei o cartão, a menina foi pegando e botando dentro de um envelope semelhante ao de caixa rápido. Foi quando eu disse: ‘Não, você não vai levar o meu cartão’. Ela tirou a fita do envelope selou e me mandou procurar a unidade do Walmart Gruta, na sala 102 para falar com o Fernando e trocar o cartão”, narra.

Ela não havia percebido que o cartão já havia sido trocado. Após perceber o golpe, a mulher foi orientada por familiares a procurar a polícia e fazer um boletim de ocorrência. De acordo com o relato, ela procurou o 5ª Distrito Policial, no Tabuleiro, onde registrou o golpe.

A reportagem conversou, na manhã de hoje (16) com o delegado Oldemberg Paranhos, titular da delegacia. Ele informou que vários casos semelhantes são registrados na delegacia, mas que não tem como falar sobre esse caso específico, uma vez que não tem o Boletim de Ocorrência para saber detalhes.

Acompanhe o áudio com o relato do golpe:

Caso semelhante

O caso se assemelha ao ocorrido em março do ano passado, onde o estelionatário gastou mais de R$ 21 mil no cartão trocado de uma vítima, também idosa. Na época, a família explicou ao TNH1 que o homem comprou 18 aparelhos de celular. Além do perfil da vítima, o que o caso tem em comum é o nome da pessoa que se apresenta como representante da operadora de cartões, “Fernando”; confira no boletim de ocorrência registrado na ocasião:

Ainda no ano passado, no dia 17 de julho de 2017, a polícia prendeu três homens suspeitos de serem os autores do crime. Um dos presos, João Douglas Pereira Galindo Santos Clemente, 26 anos, estava realizando compras em uma loja de eletrodomésticos no centro de Maceió. Os outros presos foram José Silvestre da Silva, 60 anos, que seria o atravessador, e Amaro da Silva Filho, preso em São Miguel, e apontado pela polícia como falsificador de documentos.

Alerta

O TNH1 entrou em contato com o supermercado, que informou não ter conhecimento do caso. Nos sites do cartão Hipercard, alvo da quadrilha, e do Walmart, supermercado citado nas ligações, há dicas de como se prevenir de golpes como esses.

“Os cartões Hipercard possuem chip, o que garante ainda mais segurança nas transações. Mesmo assim, é necessário ficar atento para evitar outros tipos de golpes e riscos. A Hipercard nunca entra em contato ou envia e-mail solicitando dados pessoais, senha etc. Caso você solicite um cartão e não o receba dentro de 10 dias, comunique imediatamente o banco. Ele pode ter sido extraviado.

Ao fazer compras ou saques fique atento a esbarrões aparentemente acidentais. Em casos como esse, certifique-se que não houve a troca de seu cartão. Em caso de dúvidas, só recorra a funcionários identificados e que estão na agência em horário comercial. É muito importante que você comunique o banco quando for viajar ao exterior, compras fora do seu perfil podem ser bloqueadas. Ao avisar o banco, você viaja tranquilo e evita possíveis utilizações indevidas do seu cartão.

Fonte: Por TNH1

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário