maior trader de opções binárias is forex trading profitable reddit operar day trade com 10 mil reais opções binárias mofal mais tradear como investir forex oil trading planilha controle operações day trade forex trading signals operações day trade o que é pubek opções binárias ea opçoes binarias mql4 robo que ajuda investir no day trade forex trading metatrader 5 weldes campos especialista forex opções binárias brinde como identificar lateralização em opções binárias como investir certo no olymp trad qual valor q posso investir na a2 trade
Home Alagoas Programa do Leite: produtores querem encontro com governador Renan Filho para saber real situação do programa

Programa do Leite: produtores querem encontro com governador Renan Filho para saber real situação do programa

Por Alagoas Brasil Noticias

Assessoria

Sem uma posição oficial sobre a garantia e aporte de recursos para o Programa do Leite por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e governo de Alagoas, os pequenos produtores de leite querem um encontro com o governador Renan Filho para saber a real situação do Programa.

Um aditivo que assegura recursos de mais R$ 10 milhões, sendo R$ 5 milhões para 2018 e outros R$ 5 milhões para 2019, foi pactuado entre a Secretaria de Agricultura de Alagoas e o MDSA, mas ainda não teriam sido liberados os recursos.

A indefinição e o atraso nos repasses têm preocupado pequenos produtores integrantes das cooperativas que operam o Programa no Estado (Coopaz, Pindorama, CPLA, Cafisa e Agra). Isso porque o programa só detém recursos para funcionar até o fim de julho. Além disso, questões de prazos pode se tornar obstáculo, uma vez que devido a impedimentos da legislação eleitoral, os recursos, se não houver entendimento jurídico diferente, só poderão ser repassados após as eleições.

“Os produtores já estão se sentindo inseguros. O governador tem feito muito por esse Programa, honrando sempre com a contrapartida do estado e infelizmente o governo federal não tem tido essa preocupação em manter milhares de famílias incluídas produtivamente com dignidade. Precisamos dessa audiência para saber qual destino terá o Programa”, comentou o presidente de uma das cooperativas, Aldemar Monteiro da CPLA.

Mesmo com a liberação de recursos em tempo,  a preocupação das cooperativas também se estendem ao orçamento a ser praticado nesse ano por conta do corte brusco no orçamento anunciado pelo MDSA. O governo federal deveria repassar, segundo convênio, R$ 30 milhões.

Há 5 anos produzindo leite para o Programa, a produtora Ana Andrade, de Belo Monte, teme pelo desemprego de milhares de famílias. “Já estamos na metade de julho, próximo ao esgotamento. É desesperador saber que em quinze dias teremos uma possível despedida do Programa e um grande abalo na agricultura familiar”, disse a produtora. 

Fonte: Alagoas web

 

PUBLICIDADE

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário