dicas opções binarias melhor corretora para investir em opções binarias invest fair trade alguem ficou rico com opções binarias quanto da pra ganhar por mes com opçoes binarias smart investment trade opções binárias estrategia ciganinha top 10 forex trading platforms planilha para opções binarias gratis best forex trading system in the world trader rico investimentos grupo trader gt investimentos buyout opções binárias corretoras de opçoes binais planilha de controle de operações day trade 2.0 trading costs on futures for scalping forex factory planilha opçoes binarias gerenciamento de risco 10 martingale
Home NotíciasPolicia PF cumpre mandados em Alagoas e mais cinco estados

PF cumpre mandados em Alagoas e mais cinco estados

Por Alagoas Brasil Noticias

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (17) uma operação com o objetivo de prender caminhoneiros e receptadores de mercadorias roubadas, em Alagoas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco. Os envolvidos denunciavam falsos crimes de roubo, adulteravam veículos, aplicavam golpes em seguradoras, entre outros delitos.

Até o momento foram presas 13 pessoas, duas em Alagoas. Estima-se que a quadrilha tenha causado um prejuízo superior a R$ 8,6 milhões. 

De acordo com informações da PF, a organização criminosa (Orcrim) contava com a participação de motoristas dos caminhões, que simulavam terem sido sequestrados por assaltantes, enquanto outros integrantes realizavam a desativação dos dispositivos de segurança das carretas e a subtração da carga. Em seguida, o motorista comparecia a um órgão policial para realizar a falsa comunicação de crime.

A operação, batizada de Transbordo, cumpre 173 mandados judiciais expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió/AL, sendo 106 mandados de busca e apreensão, 64 mandados de prisão e 03 mandados de interdição de empresas envolvidas em receptação de mercadorias.

A investigação foi realizada pela Superintendência da Polícia Federal em Alagoas, tendo contado com o apoio da Polícia Rodoviária Federal durante as investigações.

Fonte: Com Ascom PF-AL
 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário