trocar de corretora de opções binárias okpay opções binarias da para investir na modal como swing trad opções binárias para iniciantes 2016 fast trade operar forex diferença entre forex ou opções binárias opções binárias velas legendas como funciona book ofertas opções binárias forex trading faq forex proprietary trading basket trading forex como fechar probabilidades opções binárias opçoes binarias estrategia 3 vizinhos site q mostra o melhor horário para operar day trade invests well trader forex trading companies in kenya money manager forex trading
Home NotíciasPolitica Bolsonaro faz ofensiva para rebater acusações de misoginia

Bolsonaro faz ofensiva para rebater acusações de misoginia

Por Alagoas Brasil Noticias

Numa tentativa de rebater as acusações de misoginia, o capitão reformado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) foi aconselhado a difundir mensagens de apoio feminino à sua campanha ao Palácio do Planalto.
Nos últimos dias, ele e seus filhos publicaram ou replicaram vídeos em que mulheres aparecem afirmando que votarão em Bolsonaro.

PUBLICIDADE

“Sou mulher, sou mãe e sou Bolsonaro. Ele tem projetos para nos defender da pedofilia, da pornografia e da ideologia de gênero”, diz uma mulher que se identifica apenas como Gih, e diz ser de Passos, em Minas Gerais.

Em outro trecho, da mensagem retuitada na terça (17) pelo pré-candidato, outra mulher diz que o deputado é quem pensa verdadeiramente no empoderamento feminino.

“Só quem se preocupa com a mulher é quem pensa em punição e propõe a punição severa para violadores de mulheres, estupradores, como por exemplo a castração química”, afirma. “Só quem é defensor da mulher é quem é capaz de pensar no verdadeiro empoderamento feminino, que é a concessão de posse de arma de fogo para o cidadão de bem, para que ele possa se defender.”

Além das redes sociais, o pré-candidato deve intensificar agendas com participação de mulheres. Nesta quinta-feira (19), ele participa em Goiânia do lançamento do PSL Mulher do estado de Goiás.

Outra medida que deve ser adotada é a inclusão em seu programa de governo de políticas em prol das mulheres. Assessores próximos a Bolsonaro não detalharam que medidas devem ser defendidas, mas citaram como exemplo ações para coibir a violência contra a mulher e criação de vagas em creches.

O deputado do PSL nega a prática de discriminação contra mulheres. Ele responde a duas ações penais no STF (Supremo Tribunal Federal) sob acusação de incitação ao estupro e injúria contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Em entrevista à apresentadora Luciana Gimenez, na RedeTV!, ele também defendeu no passado pagamento diferenciado para mulheres e homens. “Eu não empregaria [homens e mulheres] com o mesmo salário. Mas tem muita mulher que é competente”, disse.

Segundo a última pesquisa Datafolha, de junho, o pré-candidato tem 23% das intenções de voto entre os homens e apenas 11% entre as mulheres.

Fonte: Folhapress
 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário