forex trading philippines seminar indicador gratis topos e fundos de opçoes binarias investimentos 100 seguros olymp trade forex trading forum uk opçoes binarias operar no fim de seman trader btc investing modelo controle de investimento trade excel quais plataformaspara operar trader ganhar com opções binarias baixar grafico para operar em trader vivo de opções binárias how to make fast money trading forex trader se matou investing corretores de opções binarias corretora opções binarias mt4 como estudar opçoes binarias probabilidades em opções binárias
Home NotíciasPolicia Delegada espera que ‘Doutor Bumbum’ seja preso ou se entregue nesta quinta

Delegada espera que ‘Doutor Bumbum’ seja preso ou se entregue nesta quinta

Por Alagoas Brasil Noticias

Denis Furtado, o dr. Bumbum Foto: Reprodução

A delegada da 16ª DP (Barra da Tijuca), Adriana Belém, que investiga a morte da bancária Lilian Calixto, informou que todos os esforços da delegacia estão voltados para que o médico Denis Cesar Barros Furtado seja preso ou se entregue nesta quinta-feira. O “Doutor Bumbum” e sua mãe Maria de Fátima Barros Furtado são considerados foragidos da Justiça desde o último domingo. Os dois são suspeitos de envolvimento no procedimento que causou a morte de Lilian.

Segundo Adriana Belém, a advogada do “Doutor Bumbum” negocia diretamente com a polícia como será o trâmite para que o médico se entregue às autoridades. A delegada afirmou que, independentemente da negociação, o intuito é de prendê-lo, bem como a sua mãe Maria de Fátima Furtado, ainda hoje.

— Estamos com equipes na rua e podemos ter novidade a qualquer momento — disse a delegada.

Não há previsão de que nenhum depoimento seja colhido nesta quinta. Já foram ouvidas mais de dez pessoas desde que o caso veio a público. Adriana Belém contou ainda que a repercussão do episódio fez com que muitas pessoas procurassem a delegacia para fazer denúncias de procedimentos pagos, mas não realizados. E, por conta disso, o “Doutor Bumbum” poderá ser indiciado também por apropriação indébita.

— No momento da divulgação (da morte da bancária), as pessoas tomam conhecimento e estão relatando coisas pretéritas, antes da morte da Lilian, tipo pagaram e ele não devolveu (o dinheiro) e o procedimento não foi feito.

A delegada contou que foram feitos pelo menos dois registros deste crime, nesta quarta-feira. Adriana Belém espera também para esta quinta-feira o recebimento do laudo cadavérico preliminar confirmando a causa da morte da vítima. Ela disse ainda que não sabia informar se o médico está no Rio ou em Brasília.

— Se soubesse ele estaria preso. Recebemos muitas denúncias e estamos apurando todas elas. Se ele não se entregar a gente prende de qualquer jeito — esclareceu.

Fonte: Extra

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário